Connect with us

Vídeos

Câmeras flagram ação de prefeito suspeito de abuso sexual; assista

Vídeo traz imagens do prefeito interino de Bariri (SP) acusado de pedofilia abordando a vítima

R7 | O ex-prefeito em exercício de Bariri, Paulo Henrique Barros de Araújo, foi preso no sábado (21) sob suspeita de violência sexual contra uma menina de oito anos. Câmeras de segurança registraram o momento em que o suspeito aborda a criança em uma rua da cidade do interior paulista (assista abaixo).

Segundo informações da RecordTV, a menina caminha sozinha pela calçada e, em seguida, um carro preto encosta — o veículo é supostamente do ex-prefeito. Os dois conversam por quase 30 segundos antes de a menina entrar no veículo e seguir pela rua.

Uma mulher presenciou a cena e contou à RecordTV que ouviu o ex-prefeito dizendo que levava a criança até a casa dela. “Eu fiquei olhando pra ver se ele ia levar ela na casa dela, mas subiu uma rua antes”, disse. Após a cena, a mulher acionou a polícia. Cerca de meia hora depois, uma viatura da polícia chegou ao local e deu início as investigações. Araújo encontra-se, atualmente, na Penitenciária II de Tremembé.

Procurada pela reportagem do R7, a defesa de Araújo não atendeu às ligações. Inicialmente, o advogado Humberto Pastrello representava o parlamentar. No entanto, o caso passou a ser conduzido pelo também advogado Edson Reis, o qual ainda não se manifestou.

PSDB

Na última segunda-feira (23), o PSDB informou que Araújo foi expulso do partido de forma sumária. “O partido se solidariza à família da vítima e espera que o caso seja esclarecido e o culpado severamente punido”, diz o PSDB em nota. Araújo exerceu o cargo de prefeito porque o ex-prefeito e o vice da cidade foram barrados na Lei da Ficha Limpa após as eleições de 2016, nas quais se sagraram vencedores. Ele é o presidente da Câmara Municipal de Bariri.

Propaganda
Clique e comente

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Copyright © 2018 MCeara. Todos os direitos reservados ao Sistema MassapeCeara de Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.