conecte-se conosco

Policia

Um tenente da reserva preso em Fortaleza é suspeito de pagar homem para matar sua esposa

A mulher foi baleada duas vezes, mas sobreviveu

Publicados

em

Um tenente da reserva da Polícia Militar foi preso nesta quarta-feira, 29, pela Polícia Civil, por meio da Delegacia de Baturité, suspeito de ser o mandante da morte da própria esposa.

A mulher levou dois tiros, mas sobreviveu. O tenente estava no Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza, como acompanhante da vítima, quando foi preso em flagrante. A tentativa de homicídio aconteceu nessa segunda-feira, 27.

Segundo o site O POVO, o executor da tentativa de homicídio foi preso em flagrante e delatou o tenente. Régis Jorge Felipe dos Santos afirmou que teria sido combinado o valor de R$ 4 mil para matar a vítima.

A motivação seria uma suspeita de traição. O executor responde na Justiça ao crime de receptação e uso de drogas.

Na segunda-feira, 27, dois homens em uma motocicleta atacaram a vítima, às 8 horas, perto da igreja matriz de Baturité. Na ocasião, a mulher estava retornando de uma clínica e conduzia uma motoneta. O acordo entre mandante e executor era para entregar parte do dinheiro antes do crime e a outra parte após a morte. O valor inicial foi apreendido pela Polícia Civil.

O tenente da reserva será encaminhado ao presídio militar e o executor levado à cadeia pública de Baturité. O trabalho de investigação foi dos delegados Emerson Faria e Joel Morais, de Baturité.

Vítima e acusado estavam casados há um ano, mas mantinham um relacionamento de aproximadamente cinco anos. O nome do mandante não é divulgado para não identificar a vítima.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *