Siga-nos nas redes sociais

Brasil

Travesti cearense é morta com golpes de faca em São Paulo

De acordo com uma amiga de Katarina, a jovem morou no bairro Bela Vista, em Fortaleza, mas se mudou para São Paulo há três anos

O corpo da travesti cearense Katarina Ariel (22) foi encontrado com golpes de faca nesta quarta-feira (12), no Parque do Carmo, em São Paulo. A vítima foi localizada por uma outra travesti, que rapidamente chamou a Polícia Militar.

De acordo com uma amiga de Katarina, a jovem morou no bairro Bela Vista, em Fortaleza, mas se mudou para São Paulo há três anos, onde trabalhava. A família soube da morte por telefonema mais cedo. Um amigo da família conseguiu custear passagens para a mãe embarcar para São Paulo. Entretanto, falta recurso para o translado.

A Polícia Civil de São Paulo, através do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), investiga o caso. As investigações dão conta que a travesti estava fazendo programas no bairro e foi abordada por um homem em um carro vermelho. Ele tentou assaltar a vítima, que morreu no local.

CASO SEMELHANTE

Em maio do ano passado, uma mulher trans foi morta a pauladas no bairro da Saúde, região nobre de São Paulo. Larissa Rodrigues morava na capital paulista há quatro anos. Ela sofreu uma tentativa de atropelamento, mas conseguiu se desviar do carro. No entanto, o motorista desceu do veículo e agrediu a jovem, que ainda foi socorrida, mas não resistiu.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.