conecte-se conosco

Policia

Tiroteio entre facções nas ruas de Sobral deixa mulher morta por bala “perdida”

Elenilda de Almeida foi atingida com um tiro na cabeça e não resistiu

Publicados

em

Tiroteio entre facções nas ruas de Sobral deixa mulher morta por bala “perdida”

Morreu na Emergência da Santa Casa de Misericórdia de Sobral a mulher atingida por uma bala perdida durante um confronto entre bandidos de facções nas ruas daquela cidade (a 224Km de Fortaleza). O caso ocorreu na tarde desta quinta-feira (17), no bairro Padre Palhano.

Imagens feitas por moradores do bairro mostram uma correria de homens armados nas ruas da comunidade. Gritos e estampidos são ouvidos. As cenas de terror deixaram a população indignada e refém do medo.

De acordo com o que foi apurado pela Polícia Militar, bandidos em um carro chegaram ao bairro por volta de 13 horas com a intenção de matar integrantes de uma facção rival. Houve correria e tiroteio nas imediações do Conjunto Habitacional Padre José Linhares.

Em meio ao conflito, uma moradora que chegava em casa após cumprir seu turno de trabalho em um hospital da cidade e acabou sendo atingida por uma “bala perdida” na cabeça.

A mulher foi levada por familiares e vizinhos para a Santa Casa, mas, por volta de 20 horas os médicos constataram a morte dela. A vítima foi identificada como Elenilda de Almeida Torres da Silva, 40 anos, conhecida como “Dona Nica”.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Núcleo Regional da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) em Sobral.

Policiais militares da 1ª Companhia do 3º BPM e do Comando de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) fizeram diligências no bairro, mas os criminosos não foram encontrados. O Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP), da Delegacia Regional de Polícia Civil de Sobral vai investigar o crime. Até o momento não há suspeitos presos.

Jornalista Fernando Ribeiro

Propaganda