Servidora da Assembleia é torturada, morta e tem facas cravadas no corpo por assassinos, no Eusébio - Mceara.com
Siga-nos nas redes sociais

Policia

Servidora da Assembleia é torturada, morta e tem facas cravadas no corpo por assassinos, no Eusébio

Liduína Rios foi assassinada de forma cruel dentro de casa. Hoje, será sepultada em Itarema

A servidora aposentada da Assembleia Legislativa do Ceará assassinada dentro de casa, no bairro Coaçu, no Município do Eusébio, na noite da última quarta-feira (27), foi torturada antes de ser morta a golpes de faca. As informações é do Jornalista Fernando Ribeiro.

Advertisements

A Polícia acredita que Liduína Maria Júnior Rios, 60 anos, teria sofrido castigos físicos para entregar dinheiro às assassinas. Com o avanço da investigação no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), vem se fortalecendo a hipótese de um caso de latrocínio (roubo seguido de morte).

Advertisements

O corpo da servidora aposentada recentemente da AL foi encontrado por um dos filhos, que é advogado. Liduína estava amarrada e amordaçada no sofá da sala. No corpo havia duas facadas cravadas, sendo uma no pescoço e outra no peito. As facas eram da própria casa.

As pernas de Liduína foram amarradas com um cinto.

Advertisements

Porta aberta?

A equipe da Perícia Forense, por sua vez, não encontrou sinais aparentes de arrombamento na residência, o que reforça a suspeita da família de que uma diarista que começou a trabalhar na casa há pouco tempo, pode ter facilitado a entrada dos assassinos, fornecendo as chaves do imóvel. A família havia que ela não tinha dinheiro. Cartões bancários foram deixados na cena do crime, mas os criminosos roubaram um notebook, celular e relógios, além de joias.

O corpo da servidora passou por exames de necropsia ontem e será sepultado na tarde desta sexta-feira na cidade de Itarema (a 201Km de Fortaleza).

Trabalho

Liduína Rios trabalhou na Casa Legislativa por cerca de 30 anos e atuou na Comissão de Ciência e Tecnologia e Ensino Superior. Ela estava aposentada há quatro meses, segundo o presidente da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Estado Do Ceará (Assalce), Luís Edson.

Uma nota de pesar foi publicada pela Câmara Municipal de Itarema. “É com uma tristeza infinita no coração que venho comunicar o falecimento de nossa irmã Liduina Maria Júnior Rios que certamente marcou as vidas daqueles que puderam conviver com ela”, diz a nota.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *