Siga-nos nas redes sociais

Policia

Policiais militares ficam feridos em colisão com viatura na estrada, no Município de Acaraú

A viatura bateu de frente na Hilux. Os dois militares foram salvos pelo acionamento do air bag

Publicados

em

Quatro pessoas – entre elas, dois policiais militares – ficaram feridas em consequência de um acidente de trânsito registrado na tarde desta terça-feira (16) na rodovia estadual CE-085, no Município de Acaraú (a 233Km de Fortaleza), quando uma viatura do Policiamento Ostensivo Geral (POG) da PM colidiu com uma caminhonete modelo Hilux.

O desastre aconteceu na localidade de Almécegas, na zona rural. Conforme o relato de testemunhas do desastre, o fato ocorreu pouco depois do meio-dia, e foi causado por uma manobra indevida do guiador da caminhonete Hilux, que ao sair da pista de rolamento tentou entrar à esquerda e não esperou a passagem dos veículos que trafegavam em sentido contrário.

O militar q eu dirigia a viatura da PM não conseguiu Pará-la e houve, então, a colisão com a Hilux. O soldado saiu com lesões nas mãos e nas pernas, apesar de ter sido acionado o air bag. Um oficial que estava no comando da patrulha, um major, teria fraturado uma das mãos, em dois pontos. Os dois ocupantes da Hilux também ficaram feridos.

As quatro vítimas foram socorridas do local do desastre para um hospital da região. Um Boletim de Ocorrência (B.O.) foi formalizado pelos PMs na Delegacia Regional de Polícia Civil de Acaraú.

Jornalista Fernando Ribeiro

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policia

Homem de 75 anos que estuprou menina de 8 em Campos Sales é preso em Maracanaú, na grande Fortaleza

Segundo a avó da criança, a menina chegou em casa sangrando muito nas partes íntimas

Publicados

em

O agricultor Antônio Edmar Gomes, mais conhecido por “Mazinho Gomes, 75 anos de idade acusado de violentar sexualmente uma criança de 8 de anos em Campos Sales, no cariri cearense foi preso na manhã desta sexta-feira (19), por uma equipe da Polícia Civil coordenada pela delegada, Dra. Cândidas em Maracanaú, na região metropolitana de Fortaleza. A prisão aconteceu em cumprimento a mandado de prisão expedido pela Vara Única do município caririense.

Segundo informações colhidas pelo Site Caririceara junto de Delegacia de Polícia Civil de Maracanaú, o processo contra o Antônio Edmar Gomes corre em segredo de justiça. O denunciado foi apresentado na DP onde foram adotando os devidos procedimentos e deverá ser recambiado a cadeia de Juazeiro do Norte, devendo ficar a espera do pronunciamento da justiça.

Segundo o boletim policial, o estupro ocorreu na segunda-feira (15). O crime chegou ao conhecimento da polícia, por volta das 08 horas do dia seguinte através de uma ligação realizada por uma vizinha da vitima, para o telefone de emergência (190).

A denunciante relatou que o ex-representante daquele distrito, identificado por “Mazinho Gomes” cedo da tarde do dia anterior, teria pego a menina escondido da avó da criança com quem esta reside, e levado a vítima de carro para um lugar ignorado retornando por volta das 19h40min, deixando a garota em casa.

A menor após ter sido deixada em sua residência pelo acusado, a avó percebeu que a neta apresentava sangramento na parte íntima (vagina), e indagou o que teria provocado o ferimento. De acordo com o que diz o registro policial, a vitima afirmou, que teria sido estuprada por “Mazinho Gomes. A menina contou com riqueza de detalhes de como ocorreu o estupro, acrescentando que o homem teria lhe ameaçado para que ela não contasse a alguém a violência sexual.

Diante das informações, a patrulha policial militar composta pelos Sargentos Erisvalto Edinilton, Cabo Cesário diligenciou em torno do fato, no intuito de localizar e prender o denunciado, mas sem, contudo, lograr êxito. Naquele dia, a criança foi levada pelo Conselheiro Jurandir a Delegacia Municipal de Polícia Civil de Campos Sales-CE, a fim de serem tomadas as medidas cabíveis, bem como para providenciar a realização de exame de corpo de delito no núcleo de ciências forense regional do cariri em Juazeiro do Norte.

Caririceara.com

Continue lendo

Policia

Ceará é o estado que mais reduziu o número de homicídios no 1º bimestre de 2019

Secretário da Segurança destaca ação das forças de segurança. Estudioso da violência afirma que redução ocorreu devido a acordo entre facções criminosas

Publicados

em

Depois de ter batido recordes nos números, o estado do Ceará apresenta redução de homicídios. De acordo com estatísticas do Monitor da Violência do G1, que analisa números de assassinatos em todo o Brasil, o Ceará foi o estado com maior diminuição de mortes no primeiro bimestre de 2019, seguido pelo Rio Grande do Norte.

Os dados apontam que, em janeiro e fevereiro deste ano, o estado apresentou queda de 57,9% no índice de mortes violentas. Nos dois primeiros meses de 2018, foram assassinadas 844 pessoas, enquanto no mesmo período de 2019 foram 355 mortes.

A diminuição entre janeiro do ano passado e janeiro deste ano foi de 60,2%, enquanto na comparação entre os meses de fevereiro a queda é de 55%.

‘Conjunto de ações’

Para o titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE), André Costa, a diminuição é resultado de um conjunto de ações e estratégias iniciadas ainda em 2017. Já para o estudioso da violência no Ceará Luiz Fábio Paiva, a redução ocorreu devido a um acordo entre facções criminosas, que se uniram para atacar órgãos do estado no início do ano.

Conforme o secretário, os resultados positivos só chegaram porque os policiais civis e militares passaram a confiar e acreditar no trabalho que foi pensado pela cúpula da pasta.

“Inicialmente, a gente combateu a chamada mobilidade do crime, identificamos que, para muitos crimes graves, o criminoso se utiliza de veículos e, normalmente, de veículos roubados, furtados, clonados, para dificultar o rastreamento do usuário do carro. Ampliamos o motopatrulhamento. O motopatrulhamento chega muito mais rápido quando o sistema detecta a presença desse veículo”, citou André Costa dentre as ações adotadas.

Os investimentos feitos na tecnologia aliada à Segurança Pública é outro ponto destacado pelo secretário. De acordo com o gestor, o Ceará tem sido pioneiro e referência no Brasil.

“Trouxemos a Universidade Federal do Ceará com seu Departamento de Computação para trabalhar dentro da Secretaria, uma metodologia diferente, que não foi utilizada antes no Brasil. A gente tem esse trabalho com 130 pesquisadores, desenvolvedores dessa tecnologia, sendo 100 da Universidade e 30 da polícia”, disse.

‘Acordo entre facções’

O pesquisador do Laboratório de Violência da Universidade Federal do Ceará (UFC) Luiz Fábio Paiva pondera que os números devem ser observados em um prazo maior. O especialista garante que os últimos anos foram intensos em termos de violência de grupos armados que protagonizaram diversos homicídios, inclusive chacinas e invasões territoriais.

“Boa parte da nossa população que morreu em confrontos armados, pelo menos, nos últimos cinco anos, com intensidade maior em 2017 e 2018, [morreu como parte de um fenômeno] muito colado ao fenômeno das facções criminosas. Obviamente, em algum momento, isso ia retroceder, até pela dinâmica do próprio conflito”, afirma.

“Eu tenho chamado muita atenção quanto a isto: de que os resultados deste ano não significam uma mudança no trabalho do governo do estado, que vem realizando uma política de enfrentando há alguns anos, e a diferença agora é que estamos passando por um processo de acomodação”, esclarece o pesquisador.

Luiz Fábio acrescenta que, em janeiro, o Ceará passou por um cenário diferente. Ainda no dia 2 daquele mês de 2019 foi registrado o primeiro crime da maior sequência de ataques ocorrida no estado.

Facções criminosas rivais se uniram em prol de cometer ofensivas para desafiar a segurança pública. As ações foram desde tentativas de derrubar pontes até incêndios contra veículos do transporte público.

“Os eventos de janeiro, quando Fortaleza ficou sob ataques de grupos armados, demonstram que esses grupos continuam existindo e atuando, e exercendo o domínio territorial nas periferias urbanas.”

“O que nós estamos experimentando agora é a reacomodação das forças. Dizer isso não é desqualificar os serviços de segurança pública, as forças policiais e o sistema de Justiça, mas reconhecer que eles não têm como serem os responsáveis por um processo que é muito maior. Os grupos continuam existindo e atuando e impondo o seu mando nas periferias de todo o estado do Ceará”, pontuou o pesquisador.

Continue lendo

Policia

Motorista de UBER é mortos com tiros na cabeça quando fazia corrida em Sobral, no Ceará

O homem estava trabalhando quando foi alvejado com tiros na cabeça

Publicados

em

Na noite desta quinta Feira Santa (18), aconteceu mais um homicídio em Sobral, no interior do Ceará. O motorista de UBER conhecido por “Tadeu” foi alvejado com vários tiros na cabeça, ao ser socorrido para o hospital Santa Casa não resistiu e morreu naquela unidade hospitalar.

O crime aconteceu na rua do Trilho, por trás da Padaria Kipao Bairro Dom José. Segundo informações, a vítima teria ido fazer uma cobrança de 80 reais a um cliente e como pagamento foi recebido a bala.

O autor do crime, até então, é desconhecido e fugiu do local.

Tadeu morava nas Pedrinhas e já trabalhou como taxista e ultimamente estava sendo motorista de aplicativo.

Sobral na Mídia

Continue lendo

Policia

Detento abre conta bancária com endereço do presídio para receber valores de golpes telefônicos

Vítimas de várias partes do Brasil estavam sofrendo golpes aplicados pelo presidiário, que abriu sua conta bancária com endereço da cadeia

Publicados

em

A Polícia investiga o caso do interno da Cadeia Pública de Caucaia, na Grande Fortaleza, que usou a fatura de água da unidade para abrir uma conta bancária. Francisco Joel Moura de Alencar recebia valores de golpes aplicados por ele de dentro da penitenciária por meio da conta aberta irregularmente.

A Delegacia de Defraudações e Falsificações chegou ao homem após receber denúncias de vítimas de outros estados.

“Fomos informados num primeiro momento que ele estava recolhido dentro do sistema penitenciário. No tal banco, fomos surpreendidos que os dados cadastrais estavam com o endereço da casa de detenção de Caucaia”, explica o delegado Jaime de Paula Pessoa.

Francisco Joel Moura de Alencar recebia valores de golpes aplicados por ele de dentro da penitenciária por meio da conta aberta irregularmente. “A vítima sofreu um golpe de mais de 1.200 reais. Foram três contas utilizadas e uma delas foi exatamente a desse detento”, conta o titular da delegacia que investiga o caso.

Para a presidente do Conselho Penitenciário do Ceará, Ruth Leite, a existência de aparelhos celulares nos presídios pode ter facilitado a ação. “A existência de celulares dentro das unidades prisionais é uma arma para a aplicação de golpes. A polícia muito bem faz em divulgar e punir”, elogia Ruth.

Francisco Joel já estava recluso pelos crimes de homicídio e roubo. Agora, um inquérito vai ser aberto para acrescentar a nova infração cometida.

Tribuna do Ceará

Continue lendo

Policia

Em 24 horas, cinco pessoas assassinadas no Ceará

Em Quixadá, um entregador de pizza foi executado em plena avenida. Dois suspeitos estão presos

Publicados

em

Cinco pessoas foram assassinadas nas últimas 24 horas no Ceará, de acordo com os registros das autoridades da Segurança Pública. Três casos ocorreram na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e mais dois no Interior do estado.

O primeiro crime foi registrado ainda no começo da madrugada de quarta-feira (17), na localidade de Vila da Barra, no Município de Fortim, no Litoral Leste do estado (a 131Km de Fortaleza), quando um jovem identificado por Cleiton da Penha Ferreira, 21 anos, foi executado sumariamente.

Segundo apurou a Polícia, o jovem foi assassinado por três homens que desembarcaram de uma caminhonete Hilux preta e executaram Cleiton com vários tiros de pistola e de espingarda de calibre 18. Criminosos fugiram sem deixar pistas.

O segundo homicídio ocorreu na tarde de ontem, quando bandidos de facções rivais trocaram tiros na Avenida Central do Conjunto São Miguel, no limite de Fortaleza e Caucaia. Na troca de tiros, um jovem – ainda não identificado – foi atingido por vários disparos e morreu na calçada de uma residência enquanto era aguardada a chegada de uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

No fim da tarde, um homem foi morto, a tiros, na comunidade Pato Selvagem, no Município de Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Tratava-se de Vanderli Sousa Silva, 26 anos, fugitivo da Colônia Agrícola Penal do Amanari e apontado como envolvido no assassinato de uma adolescente. Para a Polícia, a suspeita é de uma vingança.

Mais crimes

O quarto homicídio ocorreu na noite passada no quilômetro 35 da BR-116, em Horizonte, quando Gabriel Estevão de Freitas, de 18 anos, foi atingido por vários tiros e morreu no local.

Gabriel Estevão e sua companheira, identificada apenas como Nayana, estavam passando pelo trecho da BR-116 para ir a um outro local da cidade, quando dois homens em uma motocicleta chegaram efetuando disparos contra o casal. O jovem morreu no local. A mulher foi atingida por um disparo na cabeça e socorrida em estado grave para o Instituto Doutor José Frota (IJF).

O quinto assassinato aconteceu na cidade de Quixadá, no Sertão Central (a 154Km de Fortaleza) onde um entregador de pizza foi morto a tiros nas proximidades de uma faculdade. José Amarilo Pontes Castelo Branco, 37 anos, foi atingido por vários tiros disparados à queima-roupa. O crime ocorreu no momento em que o entregar conversava com amigos na calçada de uma residência na Avenida Doutor Antônio Vieira de Magalhães.

Os criminosos fugiram, mas logo depois do crime, policiais civis e militares detiveram um suspeito nas proximidades da rodovia CE-265. Ele portava uma das armas do crime, um revólver de calibre 38. A Polícia prendeu também uma mulher que estava em uma motocicleta que seria o veículo usado pelos assassinos. O terceiro suspeito já foi identificado, mas permanece foragido e sendo procurado. O motivo do crime não foi esclarecido.

Jornalista Fernando Ribeiro

Continue lendo

Recomendamos

Publicidade