Siga-nos nas redes sociais

Brasil

Polícia prende sobrinho-neto de idosa de 106 morta a pauladas, homem confessou o crime

Senhora de 106 foi morta a pauladas no Maranhão e o suspeito preso é sobrinho-neto da idosa

Publicados

em

Alypio Noleto da Silva, de 24 anos foi preso nesta sexta, 23 de novembro, sob a suspeita de matar a idosa de 106 anos, Antônia Conceição da Silva. O caso, que abalou o Brasil pela violência a uma senhora centenária, chegou a um suspeito que acabou confessando o crime. Alypio é sobrinho-neto de Antônia e após um interrogatório que levou cerca de 10 horas, o homem assumiu que matou a parente.

O crime aconteceu no dia 17/11 e a senhora foi morta dentro da própria casa, na cidade de Feira Nova do Maranhão. O pequeno município fica a quase 800 quilômetros da capital do estado, São Luís. A Polícia se mobilizou para encontrar o assassino da senhora, já que o caso ficou conhecido em todo o Brasil.

Havia quatro suspeitos no rol da polícia e agora, Alypio acabou confessando.

O homem que foi preso sob a acusação de matar a idosa já tinha passagem pela polícia e inclusive, já havia sido indiciado e respondia na Justiça por outro crime bárbaro. Alypio é acusado de matar uma pessoa a golpes de machado no início de 2018. Entretanto, o juiz do caso autorizou que ele respondesse pelo crime em liberdade.

As investigações avançaram em direção ao homem, parente da vítima, pois segundo testemunhas, ele usava uma sandália compatível com as marcas deixadas na parede da casa de Antônia. Após seu testemunho, o motivo do crime também foi revelado. Ele entrou na casa da idosa para roubá-la, entretanto foi reconhecido pela vítima e acabou mantando-a para não ser denunciado.

Relembre o crime brutal

O crime que aconteceu há cerca de 10 dias, chocou o Brasil por conta da idade da vítima e a brutalidade que foi usada pelo assassino. O homem teria entrado por uma abertura na parte de cima da casa, descido pelas paredes (inclusive deixando marcas que foram importantes para o reconhecimento do assassino) e matou a senhora de 106 com pauladas e com marcas de estrangulamento.

A senhora teve traumatismo craniano e ainda foi arrastada por cômodos da casa. A senhora estava sozinha, mas morava com um neto que contou que fora levado da casa a importância de R$ 30, sendo este o motivo que se revelou depois para a entrada do meliante na casa de Antônia.

Na época, a polícia também apreendeu na casa um bastão de madeira que teria sido usado no crime contra a idosa. A arma estava com marcas de sangue.

Matéria do Notícias Superinteressantes

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Mãe é presa por suspeita de tentar vender filho de 12 anos por R$ 5 mil em rodoviária

Menino foi encontrado no terminal rodoviário do município de Santa Maria da Vitória. Suspeito de negociar compra do garoto teria prometido levar adolescente para o Japão

Publicados

em

Uma mulher foi presa após confessar que venderia o filho de 12 anos por R$ 5 mil para um homem na rodoviária de Santa Maria da Vitória, na região oeste da Bahia. O caso aconteceu na tarde de sexta-feira (11), segundo informações da Polícia Civil.

De acordo com a polícia, a mulher, identificada como Maria Roque Rocha, deixou o filho no local e foi embora. A mãe do menino foi encontrada na rodoviária de Bom Jesus da Lapa.

A Polícia Civil informou que o menino falou o nome e o número de telefone da mãe para os investigadores do órgão, representantes do conselho tutelar da cidade. As autoridades tentaram o contato com a mulher, mas não conseguiram.

A polícia começou as buscas para procurar Maria após imagens da câmera de segurança da rodoviária serem coletadas.

Maria Rocha retornou os telefonemas da polícia, por volta das 17h30, afirmando que tinha sido sequestrada e que estava na rodoviária de Bom Jesus da Lapa. Maria foi presa no local.

Segundo a polícia, Maria Rocha manteve a versão do sequestro inicialmente, mas depois confessou que entregaria o filho para um homem, identificado como Sinvaldo Lima Vieira, e receberia R$ 5 mil.

Conforme a Polícia Civil, o menino tinha informado para os agentes que o homem havia prometido levá-lo para o Japão e entregar à sua mãe R$ 65 mil. Maria Rocha foi encaminhada para a delegacia de Santa Maria da Vitória.

O homem apontado como suspeito de negociar a compra da criança é procurado pela polícia. A equipe da Assistência Social e Conselho Tutelar de Santa Maria da Vitória entraram em contato com familiares da criança em Botuporã e a encaminhou para o Conselho Tutelar de Bom Jesus da Lapa.

Continue lendo

Brasil

Funcionários cortam energia elétrica de facção criminosa e são executados; Assista

O duplo homicídio ocorreu na manhã desta terça-feira, 15, na região metropolitana de São Luís. Polícia ainda não prendeu suspeitos do crime

Publicados

em

Na manhã desta terça-feira (15), por volta das 9h20, dois colaboradores da Companhia Energética do Maranhão (Cemar) foram mortos a tiros dentro do carro da empresa, no Sítio Natureza, no Paço do Lumiar, região metropolitana de São Luís, no Maranhão.

Segundo as primeiras informações da Polícia Militar, ainda é cedo para se dizer ao certo o que pode ter levado ao duplo assassinato, mas supõe-se que a motivação tenha sido o corte de energia de uma residência da região. João Victor Melo e Francivaldo Carvalho da Silva morreram instantaneamente, dentro do veículo.

Viaturas do 22º Batalhão e do Centro Integrado de Polícia e Segurança (CIOPS) estão no local, assim como o Instituto Médico Legal (IML) e o Instituto de Criminalística (ICRIM), para fazer os levantamentos.

A polícia suspeita de que os disparos tenham partido de dois homens que dirigiam uma motocicleta. Diferente do que tem se veiculado em alguns meios de comunicação, ninguém foi preso até agora. A Polícia Civil fica encarregada da investigação do caso.

Em nota, a Cemar se pronunciou sobre o caso:

Nota de Esclarecimento

A Cemar e o Consórcio Norte, empresa prestadora de serviços, informam que irão acompanhar os trabalhos de investigação pelas autoridades policiais do homicídio ocorrido na manhã desta terça-feira (15), no Sítio Natureza, em Paço do Lumiar, vitimando os colaboradores João Victor Melo e Francivaldo Carvalho da Silva.

Cabe esclarecer que a Companhia e o Consórcio Norte irão acompanhar e colaborar com o trabalho de investigação da polícia, que deverá identificar as causas que levaram ao homicídio.

Neste momento as empresas lamentam e se solidarizam com os familiares e estão empenhadas em prestar toda assistência necessária.

Assessoria de Imprensa da Cemar

Matéria do O Impacial

Continue lendo

Brasil

Mulher flagra companheiro abusando do filho de três anos; “ele tava rasgando meu bebê”, disse a mãe

O flagrante aconteceu no sábado (12) no bairro Meladão, Zona rural de Floriano, região Sul do Piauí

Publicados

em

Uma mulher, que não teve a identidade revelada, flagrou o filho de três anos sendo abusado pelo companheiro. O flagrante aconteceu no sábado (12) no bairro Meladão, zona rural de Floriano, região Sul do Piauí.

De acordo com delegado Marcelo Leal, Gerente de Policiamento do Interior, a mãe da criança estava fazendo atividades domésticas quando sentiu falta do filho e ao procurá-lo encontrou o menino sendo abusado pelo padrasto.

“O delegado Danilo Reis que estava de plantão no fim de semana em Floriano nos repassou que mãe flagrou o filho despido, juntamente com companheiro. Ao ver aquela cena absurda, ela alarmou e o homem fugiu“, contou.

Marcelo Leal disse que a criança fez exame de corpo delito e a polícia aguarda o resultado do exame. O delegado explicou que o inquérito policial foi instaurado e aguarda resultado do exame que irar informar se houve ou não conjunção carnal ou somente ato libidinoso. Hoje, a legislação prevê que o crime de estupro está configurado mesmo sem a conjunção.

Matéria do G1

Continue lendo
Publicidade