conecte-se conosco

Policia

Polícia prende dupla suspeita de executar pai e filha na zona rural de Granja

O crime está sendo investigado e chocou todo Estado do Ceará

Publicados

em

Está próxima a resposta das autoridades para os assassinos do crime brutal que chocou toda nossa região e repercutiu em todo Estado do Ceará.

Os criminosos executaram barbaramente a vida do agricultor João Batista Souza Monteiro, 45 anos, e de sua filhinha de apenas quatro anos e cinco meses, identificada como Juliana Sousa Monteiro. O crime aconteceu por volta das 18h30 de terça-feira, 07, na localidade de Frios, próximo ao distrito de Parazinho, em Granja.

Como relatamos na matéria abaixo, uma equipe de policiais militares da BPRE de Granja prendeu uma dupla considerada de alta periculosidade e que transportavam drogas. As prisões aconteceram durante uma blitz na CE 085, entre Camocim e Granja.

Informações colhidas pelo blog Camocim Polícia 24h dão conta que de acordo com levantamentos realizados pela Polícia Militar, a dupla Mateus Panda e Wellington, ambos presos por PM’s da BPRE, é considerada pela polícia como suspeita do duplo homicídio que ceifou a vida do agricultor e de sua filha.

Durante a noite de ontem, quinta-feira 09, a Polícia Militar realizou diligências em Jijoca e conseguiu localizar o carro que teria sido utilizado pelos bandidos que se passaram por policiais cerca de dois dias antes de executar pai e filha. Ainda de acordo com a polícia, no momento em que o dito veículo foi apreendido em Jijoca, o seu proprietário estaria na DPC de Camocim acompanhado da advogada da dupla presa pelo BPRE.

Conforme nos relatou o Tenente Coronel Eduardo, comandante da Companhia da PM de Camocim, todas essas informações foram repassadas às DPC’s de Granja e Camocim para que os delegados aprofundem as investigações e descubram o grau de participação de cada um dos envolvidos no duplo homicídio.

Assim que tomaram ciência que a dupla presa pelos pm’s da BPRE possivelmente seria a executora de pai e filha, agentes da Polícia Civil de Camocim e Granja, tendo a frente o Dr. Hebert Ponte e Silva, iniciaram as investigações colhendo os primeiros depoimentos. Os policiais civis ainda trouxeram para Camocim a esposa e filho da vítima João Batista, sendo que os mesmos teriam reconhecido a dupla como a autora dos assassinatos.

Vale ressaltar que embora as evidências e indícios apontem para a dupla, a fase ainda é de investigação e muita coisa ainda tem que ser esclarecida como por exemplo, os possíveis mandantes e a motivação do crime, bem como a confirmação do autores.

Camocim Polícia 24h

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *