Polícia Civil realiza operação e prende chefe do tráfico no conjunto Miguel Arrais, em Fortaleza - Mceara.com
Siga-nos nas redes sociais

Policia

Polícia Civil realiza operação e prende chefe do tráfico no conjunto Miguel Arrais, em Fortaleza

Além de comandar o tráfico de drogas na região, o preso era responsável por ordenar as execuções que ocorriam na área. Na ação, duas mulheres também foram presas

A Polícia Civil do Estado do Ceará, por meio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em mais uma operação qualificada, prendeu, na manhã dessa terça-feira (09), o chefe do tráfico de drogas no conjunto habitacional Miguel Arrais, localizado no bairro Bom Jardim, de Fortaleza.

Além de comandar o tráfico de drogas na região, o preso era responsável por ordenar as execuções que ocorriam na área. Na ação, duas mulheres também foram presas. Uma pistola e a quantia de R$ 9 mil foram apreendidas. Os resultados dessa operação foram divulgados na manhã de hoje (10) em coletiva de imprensa na sede do DHPP.

Alfelison do Nascimento Freitas (30), vulgo “Chen”, que já responde sete procedimentos policiais por tráfico de drogas e homicídios e estava com três mandados de prisão em aberto, era o alvo da operação. O homem é apontado como o chefe do tráfico na região. Em 2018, a Polícia tentou capturá-lo, mas, na ocasião, ele trocou tiros com os policiais civis e conseguiu fugir, porém não teve a mesma sorte na operação dessa terça-feira.

Além de Alfelison, foram presas Tainá Geisa Andrade de Moraes (24), companheira de “Chen” e Francisca Vitória da Silva Sousa (22), que revendia drogas do criminoso. A duas não possuíam antecedentes criminais. Com eles, a Polícia apreendeu uma pistola calibre .40 com 14 munições, a quantia de R$ 9 mil, 50 peças de roupas jeans, joias, 13 relógios de marcas nacionais e importadas, seis aparelhos celulares, um caderno com anotações sobre o tráfico, quatro pedras de crack, 10 papelotes de cocaína, embalagens para drogas, além de um veículo Fiat Strada de placas OCI 7382.

Alfelison e Tainá foram capturados em um apartamento na Rua Porto Velho, no Parque Albano em Caucaia. Já Francisca foi capturada em uma residência situada na Rua Vitória, no Bom Jardim. O trio foi conduzido para a sede do DHPP, onde, além de serem cumpridos os três mandados contra “Chen”, os três foram atuados em flagrante por tráfico de drogas e por integrar organização criminosa.

Conforme o delegado Márcio Lopes, titular da 2ª delegacia do DHPP e responsável pelas investigações, as apurações avançam no sentido de identificar se o grupo criminoso realizava o crime de lavagem de dinheiro por meio da venda de roupas em feiras livres em Fortaleza.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *