conecte-se conosco

Policia

PM cerca criminosos na mata em Caucaia e uma intensa troca de tiros acontece

Armas, munições e coletes foram encontrados pela Polícia no acampamento dos bandidos

Publicados

em

Uma intensa troca de tiros entre criminosos e policiais militares foi registrada no começo da tarde desta segunda-feira no Município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), onde neste ano mais de 100 pessoas foram assassinadas. As informações é do Jornalista Fernando Ribeiro.

Um cerco montado por PMs do Policiamento Ostensivo Geral (POG) e do Comando de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio/Caucaia), resultou na prisão de dois criminoso e na apreensão de armas de fogo, munição e até coletes à prova de balas pertencente à PM.

O tiroteio ocorreu em um matagal na localidade de Barra Nova, onde bandidos haviam montado uma espécie de acampamento no matagal para se esconder sempre que praticavam crimes de morte e fugiam da Polícia. No momento em que perceberam que estavam sendo cercados, os criminosos passaram a atirar contra os PMs, se estabelecendo uma intensa troca de tiros no local. Baleado, um dos bandidos acabou sendo localizado na mata e preso. Outros conseguiram escapar e continuam sendo caçados.

Entre as armas encontradas no acampamento dos criminosos estão duas “macaquinhas”, que são submetralhadoras de fabricação artesanal. Também foram localizados no matagal coletes à prova de balas eque seria da PM e até distintivos semelhantes aos da Polícia Civil.

A Polícia não revelou ainda a identidade do bandido preso.

Criminoso caçado

A operação da Polícia Militar conta neste momento com o reforço de um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), na tentativa de localização dos demais integrantes do bando.

O objetivo da Polícia é desarticular uma facção criminosa comandada por um bandido que hoje é considerado o mais procurado no Ceará. Trata-se de Darlan Alban Guerra, que, segundo as autoridades, é o responsável por dezenas de assassinatos em Caucaia. A Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (SSPDS) oferece uma recompensa de R$ 10 mil para quem fornecer o paradeiro do criminoso.

Entre os dias 1º de janeiro e 22 de março, nada menos, que 108 pessoas foram assassinadas em Caucaia, incluindo 14 mulheres e 15 adolescentes. Somente no fim de semana prolongado em virtude do feriado de São José (19), nove pessoas foram mortas naquele Município da Região Metropolitana de Fortaleza.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *