Siga-nos nas redes sociais

Noticias

PCC cresce 6 vezes fora de São Paulo e estado do Ceará é o terceiro com mais membros

Além de São Paulo, os estados que concentram o maior número de bandidos inscritos na facção – os chamados batizados – são Paraná e Ceará

Publicados

em

Tribuna do Ceará | Uma investigação da Polícia de São Paulo após a execução do líder do Primeiro Comando da Capital (PCC), Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue, descobriu detalhes da atuação e da expansão da maior facção criminosa do País.

Segundo revelou o jornal ‘O Estado de S. Paulo’, deste domingo (3), documentos apreendidos após a morte de traficante detalham a estrutura montada pelo PCC para o tráfico internacional de drogas em São Paulo, em outros estados do Brasil e em cinco países da América do Sul (Colômbia, Paraguai, Bolívia, Peru e Guiana).

Segundo ‘O Estado’, provas da investigação policial mostram a evolução das rendas do grupo e sua ligação com o primeiro cartel de drogas chefiado por um brasileiro: Gilberto Aparecido dos Santos, o Fuminho. Os negócios particulares dos líderes e da própria facção têm um faturamento estimado em, pelo menos, R$ 400 milhões por ano.

Alguns policiais acreditam que esse número pode chegar a cerca de R$ 800 milhões, o que colocaria o PCC entre as 500 maiores empresas do País. Seu tamanho dependeria da quantidade de drogas que o cartel liderado por Fuminho e os líderes do PCC conseguem exportar nos Portos de Santos, Itajaí, Rio e Fortaleza.

Entre as descobertas da polícia, diz a reportagem, remessas de dinheiro da facção foram feitas para um doleiro da capital paulista. Esta não foi a primeira vez que a polícia descobriu um esquema de lavagem de dinheiro da facção. Para o promotor de Justiça Lincoln Gakiya, o PCC ainda é uma organização de tipo pré-mafiosa, pois lhe falta conhecimento para fazer a lavagem de dinheiro.

Em 2014, a polícia detectou um esquema que envolvia uma transportadora de cargas fantasma que movimentou R$ 100 milhões por meio de duas corretoras de valores, que enviavam o dinheiro do crime organizado para a China e para os Estados Unidos.

Atuação no Ceará

Em quatro anos, o total de integrantes do PCC mapeados pelo censo da organização em outros Estados foi multiplicado por seis. Além de São Paulo (10.992), os estados que concentram o maior número de bandidos inscritos na facção – os chamados batizados – são Paraná (2.829) e Ceará (2.582).

De acordo com o promotor Lincoln Gakiya, do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), ouvido pela reportagem de ‘O Estado’, o PCC estabeleceu metas para a expansão interestadual. Para tanto, a facção está promovendo a estruturação do chamado “progresso”, que são as fontes de renda da organização: a caixinha, a rifa e o tráfico.

Gegê começou a cobrar um pedágio de Fuminho e usou o dinheiro para comprar imóveis no Ceará, em vez de entregá-lo para o caixa do grupo. Ao descobrirem o desvio, Gegê teve o destino selado. Fuminho mandou assassiná-lo. A cúpula reagiu e decidiu matar os envolvidos na execução.

Acerto de contas

Só depois de Fuminho apresentar as provas de que Gegê estava roubando o grupo é que a cúpula decidiu perdoá-lo. Os pontos de varejo de drogas dominados por ele em São Paulo – região da Avenida Presidente Wilson e na Favela de Heliópolis -, que haviam sido tomados pela facção, foram devolvidos recentemente pelo PCC.

José Adinaldo Moura, o Nado e Wagner Ferreira da Silva, o Cabelo Duro trabalhariam para Fuminho, que era apontado como sócio do líder do PCC, Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola. Gegê do Mangue, que havia saído da cadeia em 2017, teria descoberto que eles usavam a logística montada pelo PCC para traficar drogas sem pagar à facção. Os dois eram acusados de participar no Ceará do assassinato de Gegê do Mangue em fevereiro e acabaram mortos pela facção a mando da cúpula.

Gegê começou a cobrar um pedágio de Fuminho e usou o dinheiro para comprar imóveis no Ceará, em vez de entregá-lo para o caixa do grupo. Ao descobrirem o desvio, Gegê teve o destino selado. Fuminho mandou assassiná-lo. A cúpula reagiu e decidiu matar os envolvidos na execução. Só depois de Fuminho apresentar as provas de que Gegê estava roubando o grupo é que a cúpula decidiu perdoá-lo.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policia

Mulher de 29 anos é morta com 12 golpes de faca; principal suspeito é o companheiro, no Ceará

O crime aconteceu no começo da noite

Publicados

em

Uma mulher de 29 anos de idade foi morta na cidade de Ocara, nesta sexta-feira, 24. A vítima foi encaminhada a uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos.

O POVO Online apurou que o crime aconteceu na localidade de Baixa Grande. O crime é caracterizado como feminicídio, o principal suspeito é o companheiro dela. Os dois estavam em um relacionamento há aproximadamente um mês. Ainda não há informações sobre a prisão do suspeito.

A vítima era moradora da Cidade e o crime chamou atenção pela crueldade. Ela foi morta com 12 golpes de faca. Ainda não há identificação completa da vítima.

O POVO

Continue lendo

Mundo

Pai raspa o cabelo da filha após ela fazer bullying com menina com câncer

A menina teria roubado a peruca que a menina usava para tapar os cabelos raspados por conta do tratamento do câncer

Publicados

em

Bullying é um problema muito sério enfrentado por muitos jovens. Muitas vítimas cometem atos desesperados, como suicídio e assassinatos, fora as marcas que ficam em cada pessoa que sofreu com as agressões físicas e psicologias. Porém mais um caso chamou a atenção nos últimos dias e tem tomado grandes proporções devido a discussão que vem a tona. Qual o limite da punição? Qual a maneira correta de punir alguém que comete bullying?

O caso que surgiu foi o de uma menina de 16 anos que atacou psicologicamente uma colega que está passando por problemas de saúde por conta de um câncer. A menina teve o cabelo raspado, para evitar a queda dos fios no tratamento de quimioterapia, o que foi motivo de piadas pela colega estudante. Apesar da gravidade da doença que a menina sofre, a colega parece não ter se comovido e ainda partiu para o bullying a enferma.

Ela teria roubado a peruca que a menina usava para tapar os cabelos raspados, foi então que o caso se tornou ainda mais polêmico. O pai da menina que atacou a colega tomou uma decisão tão polêmica quanto difícil, acabou raspando os cabelos da menina, para que ela sentisse na pele o mesmo que seu colega doente estava passando.

O pai que não teve o nome identificado revelou que a filha não se mostrou arrependida do que fez e que por isso merecia ser castigada. “Eu dei a ela duas opções, ou jogaria todos os seus eletrônicos fora, inclusive o celular, ou ela iria a um salão de beleza e rasparia a cabeça, ela preferiu ficar careca”.

A atitude do pai causou muita polêmica nas redes sociais, há quem o condene pelo castigo e quem o elogie acreditando que ele fez a coisa certa. Qual a sua opinião?

Continue lendo

Brasil

Pai estuprar filha por 10 anos e obriga ela a fazer sexo com criança e com animal

Segundo delegada, homem foi preso por se aproximar de outra filha, descumprindo medida de proteção, em Jaboatão. Polícia já pediu prisão também por causa de abusos sexuais

Publicados

em

Um homem que está sendo investigado por estuprar a filha durante dez anos foi preso em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Segundo a delegada Ana Luiza Mendonça, durante esse período, a jovem, hoje com 21 anos, foi obrigada a manter relações com outra criança e com animal, além de ter sofrido agressões sexuais com objetos.

Ana Luiza, que atua na Delegacia da Mulher, informou que o desempregado foi preso em flagrante, na quarta-feira (22), por descumprir uma medida protetiva determinada pela Justiça. Ele estava proibido de se aproximar da família da vítima por causa de violência doméstica.

Além de abusar da filha, desde que ela tinha 11 anos, o pai chegou a praticar o crime de cárcere privado. Segundo a delegada, ela ficava trancada no quarto de casa e tinha os documentos retidos pelo homem.

A policial explica que a prisão em flagrante diz respeito apenas ao descumprimento da medida de proteção. No entanto, o desempregado é alvo de outros dois procedimentos por violência sexual, sendo um deles o de abusos praticados contra a filha.

“Ele foi até a escola de outra filha e descumpriu a determinação judicial. Já finalizei o inquérito dos estupros e encaminhei à Justiça. Estamos aguardando a decisão sobre esse caso”, explicou a delegada.

Denúncia

O caso começou a ser investigado em 31 de março deste ano, após denúncia da família. A delegada conta que o homem preso agia com violência e, por isso, foi solicitada à Justiça a medida protetiva.

Os estupros foram relatados pela jovem a partir do momento em que se tornou necessário solicitar ao Judiciário a proteção para a família. Além da jovem, o homem tem mais quatro filhos.

Os crimes começaram a ser praticados quando a garota passou a morar com o pai, uma vez que ela residiu com uma avó até os 11 anos de idade. “Ele não trabalhava e era sustentado pela atual mulher, que é tia e madrasta da menina que era violentada. Ele usava as agressões físicas e psicológicas para dominar todo mundo”, observa.

A delegada afirma que já pediu a prisão do homem por estupro de vulnerável, pois ele abusou da filha quando ela tinha menos de 14 anos. “Também relatei que ele praticou crimes de estupro [quando ela era maior], ameaça e cárcere privado”, afirma Mendonça.

Audiência de custódia

De acordo com Ana Luiza Mendonça, o homem foi levado para o Plantão da Delegacia de Prazeres, em Jaboatão, onde foi feito o flagrante pelo descumprimento da medida. Nesta quinta-feira (23), ele foi encaminhado para audiência de custódia no Fórum de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife.

De acordo com o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), ele teve a prisão em flagrante convertida em preventiva e foi levado ao Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife.

Continue lendo

Região

Funceme prevê chuvas nas regiões Central e Norte do Ceará no último fim de semana de maio

Para sábado e domingo, a previsão é de probabilidade de chuvas nas regiões no Litoral, Maciço de Baturité, na Região da Ibiapaba e no Vale do Jaguaribe

Publicados

em

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos(Funceme) prevê chuvas isoladas para o último fim de semana de maio, principalmente, nas regiões Central e Norte do Ceará. Entre as 7h de quinta-feira (23),e as 7h desta sexta-feira (24), as maiores precipitações foram em Groaíras, Granja e Umari.

Segundo o órgão, a presença de nuvens sobre o território do Ceará indica nebulosidade variável com chuvas isoladas na faixa litorânea. Há ainda chance de chuva no Maciço de Baturité, na Ibiapaba, no Sertão Centrale Inhamuns.

Sábado

Para o sábado (25), a Funceme prevê condições semelhantes com nebulosidade variável com chuva isolada no Litoral, no Maciço de Baturité, na Região da Ibiapaba e no Vale do Jaguaribe.

Domingo

A previsão é de nebulosidade variável com eventos de chuva nas regiões Central e Norte e, no Sul, possibilidade de precipitações. Há uma tendência de que a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) fique mais perto da costa Norte do Nordeste, o que pode provocar precipitações, segundo a Funceme. A Zona de Convergência é o principal sistema indutor de chuva no Ceará, de fevereiro a maio. “Caso este cenário indicado aconteça, o Ceará pode receber melhores chuvas sobre o litoral e áreas do centro-norte do estado”, comenta Raul Fritz, meteorologista da Funceme.

Chuvas em mais de 30 municípios

O Ceará registrou no intervalo entre as 7h de quinta-feira (23, e as 7h desta sexta-feira (24), chuvas em apenas 31 municípios. As maiores precipitações aconteceram em Groaíras (26 mm), Granja (23 mm) e Umari (21,6 mm).

10 maiores chuvas por posto no dia:

(41 postos com chuva de 69 informados)

Groaíras (Posto Groaíras): 26.2 mm

Granja (Posto Pessoa Anta): 23.0 mm

Umari (Posto Umari): 21.6 mm

Viçosa do Ceará (Posto Manhoso): 18.0 mm

Umari (Posto Sítio Canto): 17.2 mm

Granja (Posto Sambaiba): 16.8 mm

Coreaú (Posto Ubaúna): 16.0 mm

Itapajé (Posto Itapajé): 14.4 mm

Uruoca (Posto Campanário): 14.0 mm

Paracuru (Posto Paracuru): 13.3 mm

DN

Continue lendo

Policia

Homem de 29 anos é executado a bala na cidade de Sobral, no Ceará

A Polícia Civil abriu um inquérito policial para apurar o crime

Publicados

em

Na tarde desta sexta-feira, dia 24, na rua Jardim das Flores, bairro Dom José 2, foi registrado um homicídio a bala. A vítima foi um homem identificado como Isac Pereira da Silva, 29 anos, natural de Sobral, residia na rua Monsenhor Domingos, bairro Dom José.

Um indivíduo em uma bicicleta, portando uma arma de fogo efetuou vários tiros contra a cabeça da vítima, que foi socorrida por populares para o Hospital Santa Casa, mas não resistiu e veio a óbito.

A Polícia Militar realizou diligências na tentativa de prender o autor do crime, mas até o fechamento desta matéria ninguém foi preso.

Sobral 24 hs

Continue lendo
Publicidade