conecte-se conosco

Policia

Pandemia da bala: em 24 horas, mais 10 pessoas foram assassinadas no Ceará

Em Caucaia, um morador do bairro Vicente Arruda foi morto a tiros, dentro de casa, por ladrões

Publicados

em

Dez pessoas foram assassinadas no Ceará nas últimas 24 horas, conforme registros das autoridades da Segurança Pública e levantamentos feitos pelo blogdofernandoribeiro.com.br. Na Grande Fortaleza, seis pessoas acabaram mortas, além de outras quatro em duas cidades da Região do Cariri. Entre os crimes, um caso de latrocínio (roubo seguido de morte) na cidade de Caucaia.

Bandidos de facção comemoram com tiros e fogos a retomada de territórios

Rapaz mata adolescente de 15 anos asfixiada após abusar dela sexualmente

Três homens são mortos em briga de facções em Itaitinga, no Ceará

Um garoto de apenas 14 anos de idade foi morto a tiros, na manhã desta segunda-feira (8) no entorno do Mercado São Sebastião. De acordo com a Polícia, o menor praticava furtos nos comércios daquela parte da cidade e, na manhã de ontem, foi morto com tiros na cabeça disparados por desconhecidos.

Na Barra do Ceará, zona Oeste de Fortaleza, um homem suspeito de envolvimento com facções, foi baleado e morreu pouco tempo depois numa unidade de Saúde. O crime ocorreu no começo da noite passada, na Rua Salema, na comunidade Goiabeiras. Francisco Gardênio Lopes da Silva, 38 anos, foi atingido por vários tiros e morreu na Emergência da UPA do bairro Pirambu.

No bairro da Cohab, na cidade de Pacajus, na RMF, um homem identificado apenas por “Chinês” foi morto, a tiros, na tarde de ontem. O crime ocorreu em via pública e a Polícia não tem, ainda, pistas dos autores.

Militar morto

Em Pindoretama, também na Região Metropolitana de Fortaleza, um corpo carbonizado foi encontrado no interior de um veículo incendiado em um matagal, na tarde desta segunda-feira (8). A Polícia suspeita que o morto era um militar do Exército Brasileiro desaparecido desde a semana passada. Tratava-se do cabo EB Rondinelly Melo de Araújo. Através do levantamento de placas e da numeração de chassi, a Polícia comprovou que o carro, um Jeep Renegade, pertencia ao militar desaparecido.

Em Caucaia, um crime de latrocínio (roubo seguido de morte) ocorreu na noite de ontem, tendo como vítima Francisco Robson Moura Vasconcelos, 34 anos. Ele estava na porta de casa, na Rua 02 do bairro Vicente Arruda, quando foi atacado por dois bandidos que exigiram seu celular e as chaves de sua motocicleta. Ao tentar fugir dos assaltantes, Robson foi atingido a tiros e caiu morto na sala de casa.

Também em Caucaia, o corpo de um homem foi encontrado em sua residência. A vítima de um assassinato ainda misterioso foi identificada como sendo Pedro Rodrigues Ferreira, 55 anos. A Polícia suspeita que ele tenha sido morto no fim de semana.

Pandemia da bala: em 24 horas, mais 10 pessoas foram assassinadas no Ceará

Em Pindoretama, um carro incendiado tinha no interior o corpo carbonizado de um militar

Crimes no interior

Conforme o blogdofernandoribeiro.com.br apurou, três assassinatos foram registrados nesta segunda-feira (8) no município de Campos Sales, no Cariri (a 534Km de Fortaleza). Um duplo homicídio foi registrado ainda no período da manhã. Era por volta de 9h30, quando dois homens que trafegavam em uma motocicleta caíram em uma embosca em uma estrada no Sítio Cajazeiras, na zona rural. Os dois foram executados com tiros de pistola e de espingarda de calibre 12 (escopeta). Foram identificados como Antônio Pedro dos Santos, 30 anos; e Israel Paz de Sousa, 20.

À noite, outro crime foi registrado também em Campos Sales, onde um homem foi executado a tiros por desconhecidos. Um jovem identificado como João Victor, foi morto, a tiros, por desconhecidos no bairro Aparecida, na sede do Município.

E na cidade do Crato, no Cariri (a 540Km de Fortaleza), um homem identificado como Jonas Alves da Silva, 27 anos, foi morto, a tiros, quando trabalhava em uma construção predial, no bairro Seminário. O assassinato aconteceu na tarde de ontem.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *