Siga-nos nas redes sociais

Policia

Pai de três crianças é morto e tem a cabeça arrancada depois que declarou voto em Bolsonaro

O morador assassinado por ter votado em Bolsonaro era casado e pai de três crianças

Publicados

em

Bandidos invasores de apartamentos do Condomínio Residencial Novo Barroso, conhecido como Babilônia, localizado no bairro Passaré, na zona Sul de Fortaleza, mataram a tiros e decapitaram um morador daquela comunidade que declarou ter votado no candidato à Presidente Jair Bolsonaro (PSL). O fato foi descoberto pela Polícia Militar na manhã desta terça-feira (30). Um dos acusados já está preso e confessou o crime quando entrava no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro de Fátima.

O suspeito de participação no assassinato foi identificado como Tiago da Silva Monteiro, 22 anos. Ele foi capturado por uma patrulha da Força Tática da PM que foi chamada para atender à ocorrência. O suspeito confessou aos policiais militares que o prenderam na manhã de hoje que o motivo do crime foi a vítima ter votado em Bolsonaro.

O eleitor teria sido sequestrado de sua residência e assassinado a tiros, na noite desta segunda-feira (29). Em seguida, teve a cabeça arrancada a golpes de facção. O corpo foi deixado em um matagal nas proximidades da Babilônia. Na manhã de hoje, a esposa do homem morto reconheceu um dos envolvidos e a Polícia prendeu Tiago Monteiro.

Chamou a atenção das autoridades, a frieza do suspeito ao falar sobre o crime. Segundo ele, o morador, que era casado e pai de três crianças, foi morto “na bala, porque votou no Bolsonaro”.

A Polícia faz diligências na tentativa de localizar os demais envolvidos no crime e já identificou um deles. Trata-se de Márcio da Silva Lima, natural de Quixadá, e que já tem uma extensa ficha criminal.

Outro caso

O DHPP também investiga outro crime que, supostamente, teria como motivo as eleições para presidente. Um jovem de 23 anos de idade, identificado por Charlione Lessa de Albuquerque, foi morto a tiros quando participava de uma carreata em favor do candidato petista Fernando Haddad. O crime ocorreu na noite do último sábado (27), na cidade de Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Tiros foram disparados por um homem que ocupava um veículo Gol, branco.

Matéria do Jornalista Fernando Ribeiro

Publicidade
2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policia

Mulher é morta com vários tiros no rosto em Sobral, no Ceará

O caso aconteceu por volta de 1h20, madrugada desta segunda-feira

Publicados

em

Na madrugada de hoje (25), uma mulher, identificada como Karina Carneiro de Sousa, 22 anos, foi morta com cinco tiros na cabeça.

O crime aconteceu nas arquibancadas de uma areninha localizada no bairro Alto da Brasília, na cidade de Sobral. No momento não havia prática esportiva no local.

O suspeito do assassinato é o companheiro da vítima, que está foragido.

Continue lendo

Policia

Fim de semana com feriadão deixa 16 pessoas mortas em homicídios e latrocínios no Ceará

Rua Aristóteles Gondim, bairro Bonsucesso: um homem morto a tiros na porta de casa

Publicados

em

Dezesseis pessoas foram assassinadas no Ceará no fim de semana do “feriadão” de 25 de Março. Na Grande Fortaleza foram dez casos, além de outros seis no interior do estado. Entre os casos, uma chacina que deixou três mortos na madrugada da última sexta-feira (23), na cidade de Sobral, Zona Norte, e dois duplos homicídios em Caucaia e outro em Pacajus.

Na madrugada de sexta-feira, foram assassinados em Sobral os jovens identificados como Bruno Sousa e Silva, 22 anos; Mário Ferreira Alves, 20; e Ricardo Lopes Cunha, 20. Os três dormiam em uma casa no bairro Sumaré, na periferia de Sobral (a 224Km de Fortaleza), quando foram surpreendidos e executados a tiros de pistola.

Já na madrugada de sábado (23), dois jovens acabaram sendo mortos em circunstâncias bem parecidas com o caso da chacina de Sobral. O crime aconteceu no bairro Croatá, na cidade de Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), Antônio Anderson Silva da Costa, 22 anos; e Francisco Iago Batista de Sousa, 20, foram executados a tiros dentro de uma residência enquanto dormiam.

Na tarde de sábado (23), dois homicídios foram registrados em Fortaleza. O primeiro caso ocorreu no bairro Passaré, onde um homem de 68 anos de idade foi morto, a tiros, dentro de casa. Tratava-se do aposentado Florismundo Costa Lima. Os autores do crime fugiram em uma bicicleta. Já na Rua Aristóteles Gondim, no Bonsucesso, um homem foi executado sumariamente na calçada de casa. A vítima foi identificada apenas por Edilson. Há suspeitas de que ele tenha sido confundido com um irmão, dono de uma casa de jogos.

Mais crimes

Dois irmãos – identificados apenas por João e Júlio – foram assassinados na manhã de domingo quando faziam uma limpeza no quintal da residência para onde tinham se mudado recentemente. O crime ocorreu na Rua Arakém Júnior, no Parque Potira, em Caucaia. A casa teria sido invadida por cerca de oito homens encapuzados e armados.

Também em Caucaia outro duplo homicídio foi registrado na noite de domingo, nas proximidades de uma escola indígena. Dois homens foram executados dentro de um beco.

Um quinto homicídio ocorreu também em Caucaia, na noite de sexta-feira, no bairro Padre Júlio Maria, segundo o registro das autoridades.

Assassinatos no Interior

Um crime de latrocínio (roubo seguido de morte) foi registrado na noite de sábado (23), na cidade de Ubajara (a 437Km de Fortaleza).. Bandidos invadiram o bar “Gogó da Ema”, localizado às margens da rodovia CE-187 e anunciaram um assalto. Um homem identificado como Francisco Ivan Gomes da Silva, 43 anos, irmão do dono do bar, reagiu contra a ação dos ladrões e acabou morto a tiros pelos criminosos.

Em Aracoiaba, no Maciço de Baturité (a 73Km de Fortaleza), o corpo do frentista Paulo Victor Lima de Almeida, 23 anos, foi encontrado com várias marcas de tiros nas costas. O cadáver foi localizado em um matagal às margens da BR-020. Ele estava desaparecido desde a noite de quarta-feira (20). A Polícia trata o caso como latrocínio, pois uma mochila e a motocicleta da vítima foram roubadas.

Já na madrugada de hoje (25), uma mulher, identificada como Karina Carneiro de Sousa, 22 anos, foi morta com cinco tiros na cabeça. O crime aconteceu nas arquibancadas de uma areninha localizada no bairro Alto da Brasília, na cidade de Sobral. O suspeito do assassinato é o companheiro da vítima, que está foragido.

Matéria do Jornalista Fernando Ribeiro

Continue lendo

Policia

CGD investiga delegado por liberar presos em flagrante no Ceará

Um procedimento administrativo-disciplinar foi aberto pela Controladoria para apurar três casos ocorridos na Delegacia de Caucaia. Autoridade já havia sido presa em operação que investiga ligação de policiais com a facção

Publicados

em

A atuação do delegado Francisco Enéas Barreira Maia à frente da Delegacia Metropolitana de Caucaia continua sendo alvo de investigações. Novas suspeitas do cometimento de crimes na Unidade da Polícia Civil vieram à tona, e a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos da Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) instaurou mais um processo administrativo-disciplinar contra o servidor.

Três casos basearam a abertura do procedimento investigativo, publicado por meio de portaria no Diário Oficial do Estado (DOE) da última quarta-feira (20). No primeiro episódio, em 21 de junho de 2015, o delegado não ratificou a prisão em flagrante de Leandro Lima Silva, detido por policiais militares minutos após supostamente arremessar 48g de cocaína para dentro de uma escola em Maracanaú. Segundo a CGD, Francisco Enéas trocou o auto de prisão em flagrante pela instauração de um inquérito policial por portaria “sem a devida fundamentação”.

Em 21 de agosto de 2016, PMs abordaram um veículo em Caucaia e prenderam José Cealdine Nojosa Lima e Lucas Tadeu Augusto em flagrante, com um revólver calibre 32, de numeração raspada, que teria acabado de ser utilizado pela dupla. Ao chegarem na Delegacia, o titular teria inquirido José Cealdine apenas como testemunha do crime e autuado Lucas Tadeu por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, com direito a pagar fiança no valor de R$ 400. O pagamento foi efetuado e o infrator, liberado.

Por fim, Liomar Alves Marques também foi preso em flagrante, com uma motocicleta produto de furto, em uma abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-222, em 19 de março de 2017. Na Delegacia, Francisco Enéas autuou o suspeito em flagrante delito, mas o liberou com pagamento de fiança.

“A referida autoridade policial, segundo o que consta da denúncia oferecida pelo Ministério Público em desfavor do autuado, teria afiançado o infrator em valor de R$ 400, quantia abaixo do valor mínimo”, afirma a Controladoria, acrescentando que o delegado não determinou a realização de perícia na motocicleta e encerrou o inquérito policial sem esclarecer se existia algum procedimento para apurar o furto do veículo.

Para a CGD, a conduta do servidor público infringe o estatuto da Polícia Civil do Ceará (PCCE) – determinado pela Lei 12.124/1993 – no que diz respeito ao cumprimento das normas legais e regulamentares e no cometimento de transgressões disciplinares, como valer-se do cargo com o fim, ostensivo ou velado, de obter proveito de qualquer natureza, para si ou para terceiro.

A assessoria jurídica da Associação dos Delegados de Polícia Civil do Ceará (Adepol-CE) informou que ainda não foi acionada para atuar na defesa do delegado Francisco Enéas no processo administrativo-disciplinar. “É necessário que o acusado seja citado e tenha acesso, juntamente com sua defesa, do conteúdo da denúncia, além dos documentos que constam nos autos, para que então possa se manifestar minuciosamente sobre os fatos”, disse o advogado Leandro Vasques.

Operação

Francisco Enéas Barreira Maia foi preso na Operação Saratoga, deflagrada pelo Ministério Público do Ceará (MPCE) e pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), em dezembro de 2017, para combater um esquema criminoso que envolveria policiais civis e militares, uma advogada e um braço da organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). A investigação aponta que o delegado foi cooptado pela facção para liberar um preso em flagrante suspeito de tráfico de drogas, por R$ 20 mil.

A CGD instaurou um processo administrativo-disciplinar para apurar a conduta do delegado Francisco Enéas Barreira Maia, em três liberações de presos em flagrante, entre os anos de 2015 e 2017, na Delegacia de Caucaia.

Matéria do DN

Continue lendo

Policia

Homem é agredido com cassetete durante blitz do detran, no Ceará; vídeo viralizou na internet

Ação foi gravada por um celular. Agentes serão afastados, segundo a Polícia Militar

Publicados

em

Um homem foi agredido por policiais militares durante uma blitz em Guaraciaba do Norte. O fato aconteceu na noite deste sábado (23) e foi registrado por um aparelho celular. Em nota, a Polícia Militar informou que os agentes que aparecem no vídeo serão afastados.

Nas imagens é possível ver o motociclista conversando com um dos agentes, enquanto um outro chega com dois cassetetes. Logo em seguida, os policiais desferem golpes contra o homem usando o instrumento. O motociclista não esboçou reação antes ou depois da agressão. Por fim, os agentes saem com o motociclista em direção a um veículo.

Em nota, a assessoria de imprensa da Polícia Militar informou que os agentes serão afastados do serviço operacional e acrescentaram que o tipo de atitude mostrado no vídeo não é conduta “que se espera de um agente da Lei, pois vai ao desencontro do que é ensinado na formação profissional”.

A Polícia não informou se o motociclista foi preso e nem deu detalhes da abordagem. A instituição alega que tomou conhecimento dos fatos durante este domingo e vai apurar o que houve.


Matéria do DN

Continue lendo

Policia

Adolescentes ameaçam professor e alunos em Canindé com arma falsa e são apreendidos

Os jovens de 13 e 16 anos entraram na escola mostrando imitação de arma de fogo para os funcionários, segundo denúncia recebida pela Polícia

Publicados

em

Dois jovens, de 13 e 16 anos, foram apreendidos após entrarem no colégio com imitação de arma de fogo e ameaçarem alunos e funcionários em uma escola pública no município de Canindé, a 121 quilômetros de Fortaleza. A ação ocorreu na tarde dessa sexta-feira, 22. Os dois adolescentes foram encaminhados para um centro socioeducativo.

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a Polícia Militar da cidade recebeu a denúncia, dirigiu-se até a escola e à sala de aula onde os jovens fizeram ameaças a alunos e ao professor. Os dois adolescentes não estavam mais no local quando a PM chegou. Os policiais militares localizaram o primeiro jovem em casa. O simulacro de pistola foi encontrado no telhado de uma creche anexa à instituição de ensino.

Os adolescentes, acompanhados de seus respectivos responsáveis, foram apresentados na Delegacia Regional de Canindé, onde foram autuados por ato infracional análogo ao crime de ameaça.

Matéria do O POVO

Continue lendo
Publicidade