Connect with us

Policia

Paciente com AIDS é preso acusado de estuprar enteada de 10 anos em Juazeiro do Norte

O homem praticou violência sexual contra duas meninas de 9 e 11 anos

Publicado

em

Um homem foi preso, na manhã de ontem (06), em Juazeiro do Norte, acusado de estuprar a própria enteada, que na época tinha 10 anos de idade. O acusado, que confessou o crime, também molestava a irmã caçula, de 9 anos. Ele também admitiu que é paciente soropositivo e manteve relações sexuais com a criança mais velha por duas vezes. Outro suspeito, que é companheiro da avó das meninas, se encontra foragido.

Em depoimento à Polícia Civil, a mãe das crianças contou que os assédios aconteciam desde agosto do ano passado e só foi descoberto, um ano depois, quando teve uma conversa com as filhas sobre “pecado” e catecismo. Foi aí que as meninas contaram que o padrasto e o companheiro da avó as beijavam e as acariciavam, inclusive tocando em seus órgãos genitais. “Esses crimes aconteciam quando elas estavam na casa da avó, de dia, ou a noite, quando ficavam sozinhas com o padrasto, enquanto a mãe trabalhava”, conta a delegada Deborah Gurgel, titular da Delegacia da Defesa da Mulher de Juazeiro do Norte.

O homem admitiu que teve relações sexuais com a filha mais velha de sua companheira, que hoje tem 11 anos. “Ele disse que foram dois atos e alegou que usou preservativo”, conta a delegada. Contudo, a criança disse que aconteceu várias vezes, até mesmo sem perceber, pois, teria o sono pesado. O exame de corpo de delito constatou a ruptura himenal.

A Polícia Civil instaurou o inquérito policial em agosto, quando a família descobriu que o companheiro da avó estava abusando das meninas. No mês seguinte, a mãe descobriu que seu companheiro também abusava de suas filhas. O mandato de prisão preventiva contra os dois suspeitos foi expedido no mês de outubro. “Quando tomamos conhecimento dos fatos, nós, imediatamente, representamos pela prisão preventiva dos dois”, conta a delegada.

O padrasto foi localizado na manhã de ontem, em uma igreja evangélica no bairro Pedrinhas, em Juazeiro do Norte. Ele já tinha sido preso em flagrante por crime de ameaça. O companheiro da avó segue foragido. Os dois foram indiciados por estupro de vulnerável, com aumento de pena por conta da relação familiar que existia com as vítimas. Já as crianças, foram encaminhadas para o Hospital São Lucas, onde foram examinadas e estão sob cuidados da mãe.

Matéria do DN

Propaganda
Clique e comente

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policia

Mais de 14 pessoas são mortas no Ceará em menos de 24 horas

Maioria dos crimes aconteceu em cidades do interior. Entre as vítimas, um oficial PM

Publicado

em

Por

Catorze assassinatos foram registrados nas últimas 24 horas no Ceará. Além de 10 casos ocorridos na terça-feira (13), mais quatro foram registrados entre a madrugada e a manhã desta quarta-feira (14), véspera do feriado da Proclamação da República. A maioria dos homicídios, oito casos, ocorreu no interior do Interior. No acumulado do mês, já foram registrados 153 crimes de morte no estado.

Na madrugada de hoje, homicídios foram registrados nos Municípios de Russas (duplo assassinato) e Quixeré, na Região do Vale Jaguaribe, além da localização do cadáver de um homem, crivado de balas, na cidade de Milhã, no Sertão Central.

Na quarta-feira, ocorreram oito homicídios, sendo um em Fortaleza (um caso no bairro Carlito Pamplona), dois em Caucaia (sendo um deles, um duplo assassinato), alem de Maranguape, Maracanaú e Aquiraz.

No Interior um caso em Mauriti e outro em Tianguá (achado de cadáver).

Matéria do Jornalista Fernando Ribeiro

Continue lendo

Policia

Morre coronel da PM esfaqueado pelo primo por defender Bolsonaro; assassino já está preso

Após ir para a Reserva, Gadelha foi morar com a família em Paracuru, onde ocorreu o crime

Publicado

em

Por

Subiu para 17 o número de agentes da Segurança Pública mortos no Ceará em 2018. A vítima mais recente da violência foi um oficial superior da Reserva Remunerada da Polícia Militar. O coronel PM Flávio Sales Gadelha faleceu na manhã desta terça-feira (13), em Fortaleza, onde estava hospitalizado desde a tarde do último domingo (11). Durante uma discussão política, o militar acabou sendo esfaqueado no peito por um primo.

Conforme as primeiras investigações realizadas pela Polícia, a discussão entre o militar e o primo girou em torno da vitória do candidato Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República. Gadelha era simpatizante do candidato vencedor e o primo defendia o candidato derrotado, Fernando Haddad (PT). Em meio ao bate-boca, o coronel foi atingido com um golpe de faca no peito.

Enquanto o agressor era preso e conduzido à cidade de Itapipoca para ser autuado em flagrante, o coronel foi estabilizado no Hospital Municipal de Paracuru e, em seguida, transportado para Fortaleza. Ele foi internado em um hospital particular e o quadro era estável. No entanto, na segunda-feira ele sofreu uma piora no quadro clínico e acabou falecendo ontem (13) por volta de 11 horas.

Gadelha ocupou vários cargos de comando e chefia no quadro de oficiais da Polícia Militar do Ceará, entre eles, o de diretor da Academia General Edgard Facó, instituição que formava os oficiais da Corporação. Foi também chefe do Comando do Policiamento do Interior (CPI) e comandou diversas companhias e batalhões da PM no estado.

O sepultamento do oficial acontece nesta quarta-feira (14), em Paracuru (a 100Km de Fortaleza).

Matéria do Jornalista Fernando Ribeiro

Continue lendo

Policia

Jovens recebem bilhete com ameaça, têm casa arrombada e são assassinados em Caucaia

Segundo os familiares, cerca de 20 suspeitos invadiram o local

Publicado

em

Por

Dois jovens foram assassinados na rua Amazonas no bairro Picuí, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. Segundo os familiares, há alguns dias, eles tinham recebido um bilhete com ameaça. O crime aconteceu na madrugada desta terça-feira(13).

Os familiares disseram ainda que cerca de vinte suspeitos arrombaram a porta da residência e fizeram vários disparos. Uma da vítimas, Francisco Gabriel Silva Pereira, de 21 anos, estava dormindo quando foi morto.

A outra vítima, identificada como Gabriel Wesley da Silva Costa, de 18 anos, tentou fugir, mas foi arrastado pelos suspeitos e morto na frente de casa. Os dois trabalhavam em uma vacaria no bairro. Os suspeitos continuam foragidos.

O Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) esteve no local e vai investigar o caso.

Matéria do DN

Continue lendo
Advertisement