fbpx
Siga-nos nas redes sociais

Brasil

Os monstros que mutilaram e assassinaram Rhuan e porque a grande mídia se calou

O caso que não chocou o Brasil pois foi abafado deliberadamente

Publicados

em

Muitos dos que abriram este artigo podem estar se perguntando quem é Rhuan. Alguns talvez conheçam o caso, mas já estavam deixando o menino no esquecimento.

Mais do que uma notícia sobre o brutal assassinato que demarcou o fim de um longo período de tortura a um menino apenas 9 anos, a presente leitura é uma crítica à desproporcionalidade da veiculação da notícia na grande mídia.

Todos nos lembramos do dia fatídico em que Alexandre Nardoni atirou sua filha Isabella da janela do sexto andar. Todos nos escandalizamos com a frieza de Suzane Richthofen ao encomendar o assassinato de seus pais. Todos tivemos nosso feed de notícias sequestrado pelo drama de Neymar e Najila na última semana. Mas o esquartejamento do menino Rhuan não chocou nosso país da forma que deveria.

Será que estamos doentes a ponto de não nos incomodar que um menino tenha sofrido por mais de um ano preso dentro de sua própria casa após ter sido mutilado pela própria mãe? Não acredito que a palavra “mãe” seja digna de caracterizar um monstro que foi capaz de submeter uma parte de si a tamanho sofrimento. Rosana nada mais foi do que uma incubadora cruel e inescrupulosa.

Conheça a história de Rhuan

Rhuan Maycon, de 9 anos, teria sido sequestrado no Acre há cerca de 5 anos pela mãe, Rosana Auri da Silva Cândido, de 27 anos, após a mesma perder a guarda do filho para o pai. Desde então, mãe e filho teriam passado por diversas cidades em Sergipe, Tocantins, Goiás e no Distrito Federal na companhia da companheira de Rosana, Kacyla Pryscila Santiago, de 28 anos, e da filha de Kacyla, uma menina de 8 anos.

Segundo relatos, o casal aplicava golpes e cometia furtos por onde passava e contava com uma pensão depositada pelo pai da menina todos os meses. Acredita-se que as duas crianças não frequentavam a escola há pelo menos 2 anos.

Ainda não se sabe a real extensão dos danos causados durante todos esses anos às duas crianças, mas do que se tem conhecimento é assustador. Há cerca de um ano atrás, a mãe de Rhuan arrancou o pênis do próprio filho com a ajuda da companheira. O procedimento monstruoso seria uma tentativa caseira de mudança de sexo do menino. As mães teriam pesquisado na internet como realizar o procedimento e formas de evitar infecções. Após extirpar o órgão, as duas teriam costurado a região mutilada e improvisado uma “versão do órgão genital feminino, fazendo um corte na virilha”. A declaração é de Cláudia Regina Carvalho, a conselheira tutelar que agora faz o acompanhamento psicológico da filha de Kacyla, em entrevista ao UOL.

A conselheira afirmou que as mães teriam influenciado a menina, que desenvolveu uma aversão à figura masculina. “Ela (a filha de Kacyla) contou que não gostava do irmão de criação por ser homem”, afirmou Cláudia. A menina também recusou contato com o próprio pai, que foi até o Distrito Federal para buscar a filha.

A irmã de criação de Rhuan afirmou ainda à conselheira que as mães faziam alisamento todos os dias nos cabelos do menino, que era o único que tinha cabelos compridos na casa. Existem ainda suspeitas de que as crianças eram obrigadas a manter relações sexuais entre si. Vizinhos relataram que apenas viram os filhos quando os quatro se mudaram para a casa onde viviam no Distrito Federal e acreditavam se tratar de duas meninas. Os investigadores sustentam a teoria de que as crianças praticamente não saiam de casa pois as mulheres temiam que a mutilação do menino fosse descoberta.

Após anos de maus-tratos infligidos sobre Rhuan, seu calvário teve fim na noite do dia 31 de maio, quando a mãe do menino o apunhalou brutalmente no coração enquanto dormia com a ajuda da companheira. Após o assassinato por meio das facadas, Rosana e Kacyla novamente demonstraram requintes de frieza quando esquartejaram e queimaram Rhuan na churrasqueira da casa.

Ao perceberem que não conseguiriam eliminar todos os rastros do menino queimando seu corpo, as criminosas resolveram colocar seu corpo em uma mala e jogá-la em um bueiro, próximo a uma quadra de futebol em Samambaia, região administrativa que fica a 24 km do centro de Brasília.

As mulheres acabaram sendo flagradas por jovens que jogavam futebol e suspeitaram da atitude, abrindo as malas e encontrando parte do corpo do menino. Testemunhas então conduziram os policiais à casa das assassinas, onde encontraram os membros de Rhuan em mochilas.

Os investigadores acreditam que as duas também pretendiam assassinar a filha de Kacyla e fugir. Segundo depoimento de Rosana à polícia, Rhuan seria um empecilho no relacionamento das duas, pois era uma lembrança do vínculo com o pai da criança.

Muito tem-se especulado na internet sobre as motivações das mulheres, e não cabe aqui criar mais uma teoria, mas sim levantar uma questão gritante neste caso tão horripilante: por que o assassinato brutal não teve a exposição na mídia proporcional aos demais casos de crimes chocantes que ocorreram no Brasil?

Seria o escândalo protagonizado pelo menino Ney mais relevante que a história de sofrimento do menino de 9 anos?

Infelizmente, até um cachorro que sofreu maus-tratos teve maior exposição midiática que o caso de Rhuan. Estaria a grande mídia tão absorta na cartilha progressista que prefere não enfatizar a monstruosidade protagonizada por Rosana e Kacyla simplesmente por se tratar de um casal homossexual?

Desde quando nosso país passou a conceder um pacto de silêncio implícito para crimes cometidos pelos que configuram nas bandeiras levantadas pela esquerda? Quantas hashtags de #RhuanVive nós teríamos visto nos trending topics se a assassina e a comparsa não fossem lésbicas?

E onde estão os defensores dos direitos humanos? Ou um menino de 9 anos torturado e assassinato não é digno de preocupação? Este é mais um exemplo da enfermidade que acomete parte dos brasileiros que se encontram no espectro esquerdista. Quantas crueldades esses “seres humanos” estão dispostos a ignorar em nome de uma ideologia?

Um exemplo claro do que eu estou falando: quantos tweets raivosos da Maria do Rosário você leu, denunciando o ocorrido a Rhuan? Por outro lado, tenho certeza de que não seria surpresa para ninguém se a deputada demonstrasse sua preocupação com a integridade física e emocional das criminosas.

É muito triste que a indignação seletiva esteja tão demarcada em pessoas que deveriam tanto informar quanto representar os interesses de toda a população. O silêncio demonstrado agora nada mais é do que o reflexo de um caráter podre e que não pode mais ser ignorado.

MBLnews

Publicidade
38 Comentários

38 Comments

  1. Silvia Sousa

    Silvia Sousa

    11/06/2019 at 12:38

    Misericórdia.

  2. Felipe Freire

    Felipe Freire

    10/06/2019 at 07:57

    Duas sapatão feia fuleragem fazer uma coisa dessa tem uma coisa a justiça dentro do presídio pra onde vocês vão será feita sera cobrada e bem cobrada

  3. Consuelo Romeiro

    Consuelo Romeiro

    10/06/2019 at 05:23

    A safadeza d Neymar, está sendo mais divulgada. Enquanto esse crime monstruoso fica em silêncio… Assim caminha a humanidade.. lamentável. ..

  4. Angelica Gauderia

    Angelica Gauderia

    10/06/2019 at 00:34

    Abafou pq sao ligadas ao pt essas merdas !

  5. Alessandro D

    Alessandro D'Porto

    10/06/2019 at 00:01

    Só queria as duas numa sala fechada CMG e um facão saram

  6. Rosinha Ferraz

    Rosinha Ferraz

    09/06/2019 at 23:59

    tomara que essas vagabunda pague pelo que fés

  7. Eliane Melo

    Eliane Melo

    09/06/2019 at 23:31

    Essas duas são representantes de satanás 😈 pena que as leis protege esses vermes 💩 maldito 😈

  8. Eliane Melo

    Eliane Melo

    09/06/2019 at 23:31

    Essas duas são representantes de satanás 😈 pena que as leis protege esses vermes 💩 maldito 😈

  9. Cátia Aparecida

    Cátia Aparecida

    09/06/2019 at 22:23

    Cadê as #tags

  10. Gildomar Baretta

    Gildomar Baretta

    09/06/2019 at 22:02

    Se calou porque não tem filiação a partidos de esquerda

  11. Denise Arsego

    Denise Arsego

    09/06/2019 at 21:33

    As bruxas do capeta desgracadas vai queimar no fogo do inferno .

  12. Jussara Vanderlei

    Jussara Vanderlei

    09/06/2019 at 21:32

    Pena de morte

  13. Beto Borges

    Beto Borges

    09/06/2019 at 20:59

    Esquerdista com suas ideologia de gênero

  14. Adiramelia Soares

    Adiramelia Soares

    09/06/2019 at 20:51

    Cadeia é pouco pra esses dois monstros! Tinham que PAGAR COM a própria moeda.

  15. Valeria Leni

    Valeria Leni

    09/06/2019 at 20:45

    Gente que coisa mais triste.

  16. Valeria Leni

    Valeria Leni

    09/06/2019 at 20:45

    Gente que coisa mais triste.

  17. Valdete Abreu

    Valdete Abreu

    09/06/2019 at 20:33

    Meu Deus 😪😪😥

  18. Dolores Fernandes

    Dolores Fernandes

    09/06/2019 at 19:42

    Queria ter o poder de ficar com esses dois lixos meio dia estava ótimo mas me pergunto o que os vizinhos estavam fazendo que não defenderam esse anjinho

  19. Luizana Bottari de Siqueira

    Luizana Bottari de Siqueira

    09/06/2019 at 19:30

    BANDIDAS E SEM CORACAO…

  20. Flanklin Marcel

    Flanklin Marcel

    09/06/2019 at 18:56

    Vão pagar caaaaro!

  21. Sil Vania

    Sil Vania

    09/06/2019 at 18:23

    Somos a grande mídia, não VAMOS nos calar,.Tamos juntos

  22. Jose Raimundo Romano

    Jose Raimundo Romano

    09/06/2019 at 18:15

    Essas desgraças são petistas por isso

  23. Samuel Cardoso

    Samuel Cardoso

    09/06/2019 at 18:13

    Quando eu falo em pena de morte sou questionado mais esse menino morreu de morte natural??? Até quando nos vamos deixar isso assim mesmo

  24. Carmen Jean

    Carmen Jean

    09/06/2019 at 18:00

    Que essas “coisas “, são Serviçais d Satã, eu já sei! Que essa barbárie seja o estopim, p implantarem, a pena de morte! E q não haja comentários, q tão somente Deus, tem o direito de ceifar vidas! Então questionem essas mostrengas o valor de uma vida inocente! 🤔😡😠

  25. Gisele Goes

    Gisele Goes

    09/06/2019 at 17:22

    Demonias

  26. Maria Livia

    Maria Livia

    09/06/2019 at 16:53

    Vcs não sabem pq te digo não era filho de jogador de empresário era filho de povão por isso que s mídia não deu tanta importância ai um jogador chama uma doida qualquer pra ir trancar com ele ai a doida arma pra da um golpe nele e a mídia da tanta importância mais do que uma vida de uma criança que perdeu a vida da e nojo agente ligar a TV pq só falam nesses bostas

  27. Marcia Lima

    Marcia Lima

    09/06/2019 at 16:40

    Revoltante😢😢😢

  28. Elza Monteiro

    Elza Monteiro

    09/06/2019 at 16:35

    Que o Senhor o receba em sua Glória, Piedade Senhor por tantas maldades no mundo inteiro, principalmente sobre as criança inocentes e indefesas😭😭😭😭😭😭

  29. Claudinei Giovanna Gabriel

    Claudinei Giovanna Gabriel

    09/06/2019 at 16:21

    Colocada pra compartilhar, enquanto à mídia só dá destaque para Neymar, e esse inocente brutalmente assassinado

  30. Raimunda Oliveira

    Raimunda Oliveira

    09/06/2019 at 16:13

    ESSE DOIS SATANAIS MEU DEUS MI PERDOE NÃO MI SINTO BEM FICO MUITO TRISTE

  31. Walber Gomes

    Walber Gomes

    09/06/2019 at 15:59

    Eu tenho nojo dessas safadas

  32. Walber Gomes

    Walber Gomes

    09/06/2019 at 15:58

    Eu quero que essas duas vagabundas morram logo

  33. Cléo Enzo

    Cléo Enzo

    09/06/2019 at 15:50

    Monstros 😈

  34. Cleiton Bianca Duplo

    Cleiton Bianca Duplo

    09/06/2019 at 15:48

    Coiza gue e verdade eles sim calam

  35. Ilvaira Carra

    Ilvaira Carra

    09/06/2019 at 15:45

    Up

  36. Fernanda Paula Estevam

    Fernanda Paula Estevam

    09/06/2019 at 15:33

    Se pq a grande mídia se calor. Isso e horrível.

  37. Marcelo de Oliveira

    Marcelo de Oliveira

    09/06/2019 at 15:29

    ESSAS SIM DEVERIAM ENTRAR NA RIPA E NÃO ENTROY NÉ QUE COISA NÃO???

  38. Marcos Da Silva

    Marcos Da Silva

    09/06/2019 at 15:14

    Temos a internet pra isso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Detento é flagrado com celular ‘gigante’ escondido no ânus em Unidade Prisional

O fato bizarro deixou até os policias que estavam no local impressionados

Publicados

em

É isso mesmo que você leu no título desta postagem: um detento da Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), localizada no bairro do Puraquequara, na Zona Leste de Manaus, foi flagrado nesta sexta-feira com um baita dum celular metido no ânus.

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) não informou o nome do presidiário. Informou apenas que a apreensão ocorreu durante a transferência de presos entre pavilhões.

O presidiário foi submetido a raio-x e scanner corporal, conhecido como “body scan”, que identificou o objeto.

O telefone celular foi encaminhado ao 29° Distrito Integrado de Polícia (DIP), na Zona Leste e passará, na UPP, por procedimentos administrativos.

Via Portal do Zacarias

Continue lendo

Brasil

Policial militar mata marido e diz que atirou para se defender de agressões

Ela disse que assassinou o companheiro depois de ele agredi-la. Caso aconteceu na madrugada deste domingo, no Pará

Publicados

em

A policial militar Alanna Patrícia da Cruz Barros, 29 anos, é investigada pela morte do seu marido, Thiago Valdiney Bezerra Dias, de 30 anos. Ele foi morto a tiros na madrugada deste domingo, 16, por volta de 4h30min. A informação é do portal O Liberal.

Ela informou em seu depoimento que agiu em legítima defesa, ao reagir a agressões que ela cometeu, segundo informou a policial. A informação é do portal G1. Ela vai responder em liberdade.

O crime ocorreu, em Ananindeua, na Grande Belém, no Pará. Ele chegou a ser socorrido e levado ao hospital, mas não resistiu.

Depois do assassinato, a policial Alanna, lotada no 2° Batalhão da PM, se apresentou voluntariamente à Polícia e foi encaminhada à Divisão de Crimes Funcionais (Decrif) da Polícia Civil, que investiga o episódio. A arma utilizada foi apreendida, no qual deverá passar por análises da perícia. A Corregedoria-Geral da Polícia Militar vai instaurar procedimento administrativo.

Os dois eram casados há mais de 12 anos. O casal tem uma filha de 10 anos, seguindo informação do portal O Liberal, do Pará.

Via O POVO

Continue lendo

Brasil

Menino comove internautas após ser assaltado enquanto trabalhava vendendo doces na rua

A mãe de Lucas está grávida e já tem outros quatro filhos contando com ele. Segundo ela, a própria criança quis trabalhar para ajudar a família

Publicados

em

Um menino de 11 anos, identificado como Lucas, emocionou internautas nesta semana após ser assaltado no último domingo (09), na pracinha do bairro Itararé, em Vitória. A criança trabalhava vendendo doces na rua para ajudar a família e teve todo o produto e o dinheiro roubados.

Segundo Rafaela da Conceição, mãe de Lucas, ele chegou em casa muito sujo, dizendo que havia tropeçado, e por isso, todos os produtos teriam caído e estragado na chuva. A família só descobriu a verdade alguns dias depois.

Para Rafaela, ver o filho passar por essa situação é difícil. “Eu não deixava ele ir para rua por conta da violência. Mas, ele começou a trabalhar e pegou o gosto por isso. Eu fiquei constrangida porque não dá para acreditar que uma criança sai de casa para fazer um dinheirinho, e uma pessoa chegar e fazer uma maldade dessa. Fiquei muito preocupada”, contou.

O caso revoltou familiares e voluntários que decidiram criar o Projeto Juntos Somos 1, nas redes sociais. A partir disso, a história de Lucas ganhou os internautas e o menino já recebe ajuda de todas as partes do Brasil.

Solidariedade

A responsável pela repercussão do caso foi Aline Silva. A jovem conheceu o garoto quando voltava do supermercado e foi abordada por ele, pedindo comida. Depois de conhecer a criança, ela decidiu ajudar a família.

“Naquele dia eu ofereci dois pacotes de biscoito. Percebi que fiz tão pouco e ele ficou tão feliz que a situação não saiu mais da minha cabeça e comecei a ajudar. No dia seguinte, eu já havia conseguido doação de cesta básica”, explicou.

Aline conheceu Rafaela da Conceição, mãe de Lucas, e os irmãos. A mulher está grávida de sete meses e a família vive de favor em uma casa simples, após ter tido a casa atingida pelas fortes chuvas na Grande Vitória. Por conta disto, Lucas decidiu vender doces na rua para ajudar em casa.

Por acaso, após o crime, Lucas foi pedir ajuda na lanchonete de uma amiga de Aline, que o reconheceu e avisou a jovem, que em seguida, contou tudo para a família. Foi a partir disso que a foto do menino chorando foi publicada. “A página já tem mais de 15 mil seguidores, vários famosos nos procuram querendo fazer algo por eles e a vaquinha criada para ajudar a família ultrapassou o objetivo de 15 mil”, disse Aline.

Todo o caso é compartilhado no Instagram @juntossomos1_, onde acontece contato para doações. Além disso, Aline mostra a vida da família e dá atualizações sobre o menino Lucas.

Continue lendo

Brasil

Com depressão, jovem tira a própria vida durante transmissão ao vivo no Facebook

O vídeo logo ganhou as redes sociais, deixando internautas perplexos e ao mesmo tempo consternados pela decisão tomada pelo jovem Paulo Henrique

Publicados

em

Na tarde deste Domingo (16), um jovem identificado como Paulo Henrique Fontinelle (19 anos), chocou a todos, quando lamentavelmente, cometeu suicídio, e ainda fazendo uma live pelo facebook no momento exato que deu cabo a própria vida. O triste episódio aconteceu no povoado Olho D’água dos Martins, de Imperatriz-MA.

As informações colhidas pela nossa edição é que no local do trágico acontecimento, familiares estão desesperados sem saber o que motivou o jovem a tomar essa terrível decisão. Muita gente está no local. Não é diferente nas redes sociais (facebook, whatsapp), os amigos estão enviando mensagens de conforto e demonstração de dor ao receber a notícia.

Pelo vídeo gravado pela vítima, o jovem está trancado no seu quarto, com uma revólver na mão, amigos pelo vídeo tentam impedir a ação de Paulo, mas mesmo relutando, o jovem se ajoelha, dá um grito e lamentavelmente, puxa o gatilho, tirando a própria vida.

Aparentemente, mais um caso de depressão, um jovem que tinha um grande futuro pela frente, decide interromper precocemente a sua vida. Deixamos os nossos mais sinceros votos de solidariedade e consternação a toda família e amigos.

Continue lendo

Brasil

Garota de 13 anos manda mensagem a amigo após ser estuprada pelo pai; ‘está sangrando muito’

Caso foi registrado em Nova Olinda, no norte do Tocantins. Homem de 44 anos foi preso em flagrante suspeito de estuprar a própria filha de 13 anos

Publicados

em

Um homem foi preso em flagrante suspeito de estuprar a própria filha de 13 anos, após a menina pedir ajuda para um amigo em uma rede social, em Nova Olinda, no Norte do Tocantins. As informações são do G1.

Na conversa em aplicativo mensageiro, a vítima afirma que sua parte íntima está sangrando após ser estuprada várias vezes.

“Meu pai tá toda hora vindo e me estuprando. Me ajuda, por favor. Eu tô tentando trancar a porta”, relata na conversa que a reportagem teve acesso.

O amigo diz menina que ela deve procurar a polícia e ela responde: “Amanhã eu vou lá. A noite não passa”.

Durante a troca de mensagens, o amigo diz para a menina pegar uma faca e matar o agressor, mas a vítima responde: “Ele tá com arma. Me ajuda, por favor”.

O caso foi registrado na madrugada desta quarta-feira (05/06). A adolescente foi levada para um posto de saúde, onde passou por exames que confirmaram o abuso. Os laudos mostraram que ela foi estuprada duas vezes entre a noite de quarta-feira e madrugada desta quinta-feira.

A polícia foi até a casa da vítima após o amigo fazer a denúncia. Segundo o delegado Luiz Gonzaga, roupa do suspeito estava rasgada e a genitália estava exposta.

A adolescente está sob proteção do Conselho Tutelar.

Os conselheiros disseram para a polícia, após conversar com a vítima, que os abusos aconteciam há pelo menos quatro anos. Na casa foi encontrada uma arma de fogo calibre 32 e algumas munições. De acordo com o delegado, o pai usava o revólver para ameaçar a filha.

Continue lendo
Publicidade