O homem que fez o papel do diabo vencendo Jesus em desfile morreu carbonizado? - Mceara.com
Siga-nos nas redes sociais

Fake News

O homem que fez o papel do diabo vencendo Jesus em desfile morreu carbonizado?

É verdade que o homem que interpretou o diabo vencendo Jesus em desfile de escola de samba morreu carbonizado após acidente de carro?

A notícia surgiu no começo de março de 2019, pouco tempo depois da repercussão causada pelo desfile da escola de samba Gaviões da Fiel no sambódromo, em São Paulo. De acordo com a notícia, o homem que fez o papel do diabo vencendo Jesus teria morrido carbonizado em um acidente automobilístico, após seu veículo se chocar na traseira de um caminhão e explodir!

Nas imagens que acompanham a reportagem é afirmado que ninguém zomba de Deus e dá a entender que o artista, de certa forma, teve o que mereceu.

Verdade ou mentira?

Na madrugada do dia 03 de março de 2019, a escola de samba paulista Gaviões da Fiel entrou no sambódromo – em São Paulo – com uma comissão de frente encenando a “luta entre o bem e o mal” com o demônio vencendo Jesus. Os próprios atores falaram sobre isso em entrevista à Globo:

Após a polêmica causada pela encenação, a escola de samba tentou se justificar, explicando que o personagem “derrotado” era, na verdade, uma representação de Santo Antão.

Aproveitando-se do barulho que a apresentação causou nas redes sociais, alguns sites começaram a inventar notícias relacionadas ao assunto com o claro objetivo de ganhar visitação.

O primeiro site a publicar esse “furo jornalístico” foi o Top Five TV, já bastante conhecido aqui no E-farsas por ter criado e disseminado inúmeras fake news. Esse site é o mesmo que inventou, por exemplo, aquela notícia afirmando que um idoso ganhador da mega sena teria sido morto asfixiado pela vagina da namorada.

Note que o nome do sujeito sequer é mencionado em nenhum momento. A “reportagem” também não dá maiores detalhes que seriam importantes para se verificar a sua veracidade.

Deus castiga todos que interpretam personagens que “zombam” dele?

Muita gente acredita em um deus vingativo e muito diferente do Deus dos cristãos. Esse deus impiedoso e sem senso de humor parece se vingar apenas de alguns que “zombam” dele e não de todos. Por exemplo, em 1985, o ator inglês Tim Curry interpretou o diabo no filme A Lenda e, até hoje – aos 72 anos de idade – parece não ter sido castigado divinamente, a não ser se colocarmos o derrame que o ator sofreu em 2012 – 27 anos após o filme (um deus que demora mais tempo pra resolver castigar, nesse caso) – como um castigo:

Em 1998, estreou o filme Advogado do Diabo, onde Al Pacino interpreta o cramulhão. O ator norte-americano atuou em mais outras dezenas de filmes e hoje, aos 78 anos, ainda não foi punido pelo papel.

Ainda falando de cinema, em 1988 estreou o polêmico filme A Última Tentação de Cristo, filme que retrata a vida de Jesus Cristo imaginando-se envolvido em atividades sexuais. O personagem principal foi interpretado pelo norte-americano Willem Dafoe, que só parece ter sido castigado até hoje apenas com a feiura (brincadeira, gente):

As imagens da “reportagem”

O texto do Top Five TV usa para ilustrar essa fake news uma foto de um carro escuro todo amassado (e não queimado), mas basta uma rápida busca na web para descobrirmos que essa imagem é de um acidente fatal ocorrido em maio de 2018, em Pouso Redondo (SC).

Quanto ao conteúdo da “reportagem” em vídeo, o que chama a atenção logo de cara é que o carro nas filmagens é diferente do usado para ilustrar a matéria. É que os criadores de fake news pegaram uma reportagem de outro acidente não fatal – ocorrido em fevereiro de 2018 em São Paulo – e fizeram uma montagem para esconder detalhes da reportagem original.

Conclusão

A notícia afirmando que o homem que interpretou o diabo vencendo Jesus em um desfile de escola de samba teria morrido carbonizado “como um castigo por ter zombado de Deus” é falsa!

Matéria do É-Fersas

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *