conecte-se conosco

Olá o que procuras?

Região

Veja o que pode abrir no primeiro fim de semana sem lockdown no Ceará

Retorno coincide com a celebração do Dia das Mães, que deve impulsionar o comércio e o setor da alimentação para celebração da data

Este sábado, 8, e domingo, 9, marcam o retorno de algumas atividades econômicas, sociais e religiosas durante o fim de semana, o primeiro sem isolamento social rígido, o lockdown, no Ceará.

O período coincide com a celebração do Dia das Mães, que deve impulsionar o comércio e o setor da alimentação para celebração da data. As medidas seguem até o próximo dia 16 de maio, após renovação do decreto feito pelo governador Camilo Santana (PT) nesta sexta-feira, 7. O POVO listou o que pode abrir neste fim de semana. Confira:

Comércio e serviços

Estabelecimentos situados fora de shoppings podem funcionar aos sábados e domingos das 10h às 15h, com limitação de 40%. Durante a semana, o funcionamento é das 10h às 16h.

Shoppings

Os empreendimentos funcionarão aos fins de semana e podem abrir das 12h às 17h, observada a limitação de 40% do atendimento simultâneo. Durante a semana, o horário é de 12h às 18h.

Instituições religiosas

Igrejas e templos religiosos poderão funcionar com celebrações presenciais aos fins de semana a partir das 17h, com capacidade de 25%.

Barracas de Praia

Está autorizada a abertura exclusivamente para a atividade de restaurante. Devem obedecer às regras de protocolo sanitário previstas para o setor para alimentação fora do lar, com limitação em 40% de atendimento simultâneo de clientes. Funcionamento durante a semana: 10h às 16h. Aos fins de semana: 10h às 15h.

Restaurantes

Restaurantes de rua poderão funcionar aos sábados e domingos de 10h às 15h. Entretanto, o número de clientes deve ser limitado a seis pessoas por mesa. Não é permitido pessoas em pé, inclusive na calçada, nem formação de fila. Músicas ambiente estão permitidas.

Academias

Com 25% da capacidade, os estabelecimentos podem funcionar para prática de atividades individuais de segunda a sexta-feira, de 6h às 18h, e no sábado e domingo, até as 15h ou, quando situadas em shopping, até as 17h, desde que o funcionamento se dê por horário marcado.

Atividades essenciais que podem iniciar a partir das 7 horas:

– Serviços públicos essenciais;
– Farmácias;
– Supermercados, padarias e congêneres, permitido o atendimento presencial de clientes para o café da manhã a partir das 6h;
– Indústria;
– Postos de combustíveis;
– Hospitais e demais unidades de saúde e clínicas odontológicas e veterinárias para atendimento de emergência;
– Laboratórios de análises clínicas;
– Segurança privada;
– Imprensa, meios de comunicação e telecomunicação em geral;
– Oficinas em geral e borracharias situadas na Linha Verde de Logística e Distribuição do Estado

Fiscalização

Para evitar descumprimento das medidas de prevenção à disseminação do coronavírus, o Centro de Fortaleza terá reforço de 30% da força policial, com 300 policiais atuando nos dois dias. Além dos 150 guardas municipais que também vão atuar. Outras regiões do Estado também terão reforço na presença de agentes da segurança pública, para também coibir crimes como assaltos.

Propaganda