Vacina de Oxford chega ao Brasil e deve ser enviada ao Ceará neste sábado

Vacina de Oxford chega ao Brasil e deve ser enviada ao Ceará neste sábado

A carga com as doses do imunizante era para ter chegado há cinco dias atrás

Avião vindo da França faz pouso de emergência em Fortaleza após passageiro agredir tripulantes
“Foi iludida com falsas promessas e caiu em um golpe”, afirma familiar de jovem presa em Portugal
Africana é presa no aeroporto de Fortaleza com cocaína presa no corpo por uma cinta

As duas milhões de doses da vacina de Oxford produzidas no Instituto Serum, na Índia, chegaram à São Paulo nesta sexta-feira (22). O pouso do avião que transportava os imunizantes aconteceu por volta das 17h20 no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos.

Após trâmites na alfandega, os lotes seguirão em uma aeronave da companhia Azul rumo ao Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, e depois entregues à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) onde passarão por checagem de qualidade e segurança, além de rotulagem e etiquetagem das caixas.

Após a checagem, as vacinas serão distribuídas para outros estados, incluindo, o Ceará. Elas devem estar prontas para distribuição a partir deste sábado (23). O anúncio sobre o envio das doses da vacina Oxford/AstraZeneca ao Ceará foi feito pelo governador, Camilo Santana (PT).

A Fiocruz informou como funciona o transporte das vacinas. “Ao longo de todo o trajeto até Bio-Manguinhos/Fiocruz, as vacinas estarão armazenadas em seis caixas do tipo pallets, que serão acondicionadas em envirotainers, pequenos containers utilizados para transportes de carga que necessita de controle de temperatura. Nesses envirotainers, as vacinas serão mantidas na temperatura entre 2 a 8ºC”.

A carga com as doses do imunizante era para ter chegado há cinco dias atrás, 17 de janeiro. Porém, o governo da Índia não havia liberado o envio para o Brasil.