conecte-se conosco

Olá o que procuras?

Região

Professora morre de Covid-19 um dia após missa de 7º dia da mãe, em Reriutaba

Ela estava internada desde a última sexta-feira, 9, em Sobral, após ser infectada pelo coronavírus. O quadro se agravou e Toinha não resistiu

A professora Francisca Antônia Mesquita Farias, 48, mais conhecida como Toinha Cruz, morreu nesta sexta-feira, 16, vítima da Covid-19. Um dia antes, foi realizada a missa de sétimo dia de sua mãe, a aposentada Luzanira Trajano Mesquita Farias, 74. Em oito dias, a doença pandêmica levou mãe e filha e comoveu a cidade de Reriutaba, a 290km de Fortaleza.

Toinha cantava na igreja do Município, era professora e diretora da escola Alexandrina Gomes de Carvalho, em Carnaúba, comunidade do município de Reriutaba. Ela estava internada desde a última sexta-feira, 9, em Sobral, após ser infectada pelo coronavírus. O quadro se agravou e Toinha não resistiu. Sua mãe havia passado cerca de 15 dias internada antes de vir a óbito. Ambas estavam internadas na Santa Casa de Misericórdia de Sobral – SCMS.

O padre João Bosco, de Reriutaba, lembra que Toinha era muito engajada na comunidade. “Ela cantava, ajudava na igreja, era catequista. Uma pessoa muito atuante na paróquia”, conta.

De acordo com o pároco, Toinha começou a sentir falta de ar e precisou receber assistência de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Contudo, sua situação clínica seguiu piorando. A professora e diretora escolar deixa duas filhas, de 17 e 27 anos. Sua mãe, Luzanira, teve quatro filhos, dois homens e duas mulheres.

A Prefeitura de Reriutaba lançou uma nota lamentando a morte de Toinha. “Hoje a educação reriutabense perdeu um exemplo de mulher, carinhosamente conhecida como Toinha Cruz, a professora e, atualmente, diretora da escola Alexandrina Gomes de Carvalho, na Carnaúba, era muito querida por toda a comunidade”, diz o texto.

Via O Povo Online

Propaganda