conecte-se conosco

Região

Ceará tem 1.094 mortes por Covid-19; número de pessoas recuperadas sobe para 7.899

Ao todo, 16.064 pessoas estão infectadas pela doença no Estado, segundo atualização mais recente do IntegraSUS

Publicados

em

O Ceará chega a 1.094 mortes por Covid-19 neste domingo (10), segundo atualização das 9h30 na plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). Tendo ultrapassado a marca de mil mortes pela doença neste sábado (9), foram 32 casos a mais contabilizados desde a última atualização da plataforma.

O Estado registra 16.064 casos confirmados de Covid-19. Só em Fortaleza, 11.103 pessoas têm confirmações da doença pandêmica.

Os dados também mostram que 7.899 pessoas se recuperaram da Covid-19 até este domingo. Em relação à ultima atualização da plataforma, são mais 726 pessoas que receberam alta hospitalar ou ficaram livres da doença.

Carga de EPIs

Uma carga com 7,5 toneladas de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e 4 respiradores chegou a Fortaleza na tarde deste sábado (9). O material vai ajudar os profissionais de saúde da capital cearense no enfrentamento à Covid-19. A prefeitura também adquiriu na industrial local outras ferramentas de trabalho como protetores faciais e aventais impermeáveis.

Leia:  Corpo de vítima de Covid-19 é trocado em hospital e família só é avisada após o enterro, no Ceará

“Nós fizemos uma aquisição internacional de EPIs de máscaras cirúrgicas, máscaras N95 e macacões impermeáveis de uma empresa chinesa e estamos recebendo a segunda e terceira remessas que representam em torno de 20% da compra total realizada”, informou Joana Maciel, secretária da Saúde de Fortaleza.

Aglomeração em feira no Mucuripe

Mal havia começado o segundo dia do lockdown em Fortaleza, e a Polícia Militar pôs fim a uma aglomeração que se formou no Mercado dos Peixes, na Praia do Mucuripe. E ainda encerrou feiras, na manhã deste sábado (9).

Durante o primeiro dia de aplicação das regras mais rígidas, nesta sexta-feira (8), já havia sido verificada uma grande concentração de pessoas em terminais de ônibus, além de engarrafamentos em pontos de bloqueio realizados em algumas das principais avenidas na cidade. As ações têm como objetivo reduzir os índices de transmissão do novo coronavírus.

Leia:  Camilo diz que já avalia prorrogar decreto que proíbe serviços não essenciais de funcionar no Ceará
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share via
Copy link