conecte-se conosco

Região

Ônibus tomba e deixa 30 feridos no Cocó; vídeo mostra retirada de vítimas do veículo, assista

Acidente em Fortaleza deixou 30 feridos com fraturas expostas e luxações

Publicados

em

Um ônibus tombou na manhã desta quinta-feira (21) na Av. Engenheiro Santana Júnior, no Cocó. O acidente em Fortaleza deixou 30 pessoas (28 passageiros, o motorista e o cobrador), segundo o tenente Romário Fernandes, do Corpo de Bombeiros.

Entre as vítimas, há pessoas com fraturas expostas e luxações, de acordo com o tenente Fernandes. Todos foram encaminhados para hospitais.

O ônibus, da empresa Santa Cecília (veículo 36214), pertence à linha Grande Circular 2 (052), em Fortaleza, e havia saído do terminal do Papicu em direção à Messejana. O veículo tombou na entrada do túnel Wellington Landim, que dá acesso ao Papicu e ao Parque do Cocó. A velocidade do veículo estava dentro da permitida (30km/h), segundo a Autarquia Municipal de Cidadania e Trânsito (AMC).

Leia:  CGD investiga delegado por liberar presos em flagrante no Ceará

O Sistema Verdes Mares procurou a empresa de ônibus Santa Cecília e foi informado por telefone que só a partir de 13h os funcionários retornam do almoço e poderão responder sobre o acidente.

Testemunhas relataram que o coletivo trafegava pela via, quando foi “cortado” por um carro. O motorista teria desviado para não bater no veículo, subido em uma mureta, perdido o controle e tombado. Outra hipótese, apontada pelo major Edir Paixão, do Corpo de Bombeiros do Mucuripe, é que ônibus tenha deslizado na pista por conta da chuva, subido no canteiro lateral e tombado.

Devido ao acidente em Fortaleza, a via ficou bloqueada nos dois sentidos e um grande congestionamento se formou no entorno da avenida, uma das mais movimentadas da Capital. O coletivo será retirado da avenida apenas às 14h.

Leia:  Campeã de surfe morre após ser atingida por raio em praia de Fortaleza; outro surfista está em estado grave

Várias viaturas da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Samu foram ao local atender a ocorrência e socorrer as vítimas, incluindo duas ambulâncias, duas de salvamento e uma de combate a incêndio, sendo esta por precaução, segundo os Bombeiros.

Matéria do DN

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share via
Copy link