Reunião em terreiro de umbanda ‘para expulsar coronavírus’ é interrompida pela polícia

A atividade foi denunciada por vizinhos

Ceará tem três mortes por coronavírus
Coronavírus no Brasil: governo informa mais 2 pacientes com suspeita no RS e no PR
Massapê tem o primeiro caso de coronavírus confirmado, diz prefeito

Um terreiro de umbanda teve uma reunião interrompida pela Polícia Militar, na noite deste sábado (2), no município de Iguatu, interior do Estado, por descumprir o decreto do Governo do Ceará que proíbe aglomeração de pessoas devido à pandemia de Covid-19.

O pai de santo responsável pelo local foi encaminhado à delegacia e, em depoimento afirmou que o grupo se reuniu para “expulsar o novo coronavírus” que estava no corpo de um dos integrantes, de acordo com informações do delegado.

De acordo com o delegado plantonista, Glauber Ferreira, cerca de 30 pessoas estavam no terreiro no momento da chegada dos agentes, por volta das 18 horas.

A cidade registra 30 casos de pessoas contaminas e 5 óbitos por coronavírus, conforme dados divulgados pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), na plataforma IntegraSUS, às 17h16 deste sábado (2).

COMENTÁRIOS