conecte-se conosco

Policia

Polícia prende o homem mais procurado do Ceará; além de chacina, é investigado pela morte de 9

Wanderson Delfino de Queiroz foi preso nesta quinta-feira (4)

Preso nesta quinta-feira (4), após ser apontado como responsável por chacina registrada em novembro de 2020, em Ibaretama, Wanderson Delfino de Queiroz, 24, também é investigado pela participação em mais nove homicídios. Mais detalhes sobre sua prisão foram divulgados em entrevista coletiva nesta sexta-feira (5), na sede da Superintendência da Polícia Civil.

Classificado como o homem mais procurado do Ceará, o criminoso – conhecido como Interior, integrava a lista do Programa de Recompensa do Estado, com a oferta de R$ 6 mil.

Ele é apontado como chefe de um grupo criminoso e responsável pela chacina que vitimou sete pessoas, em Ibaretama. Em dezembro do mesmo ano, Wanderson se tornou réu e passou a ser considerado foragido pelo crime.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Wanderson coordenava os crimes no interior, mas se refugiava na comunidade da Rosalina, na Capital.

Ele foi localizado em um imóvel no bairro Passaré e no local foram apreendidos uma pistola calibre 40 e 15 munições do mesmo calibre. Ele foi levado para a sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

A prisão aconteceu após um trabalho de inteligência realizado por equipes da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) com o apoio da Coordenadoria de Inteligência (Coin) da SSPDS.

Propaganda