Polícia Civil prende irmãos que vendiam anabolizantes ilegalmente em Fortaleza

Polícia Civil prende irmãos que vendiam anabolizantes ilegalmente em Fortaleza

O material farmacêutico só poderia ser vendido com receituário médico

Sem perdão: pai que matou estuprador da filha é condenado a 18 anos de cadeia
“Monstro” de Ipueiras que matou a mulher e três crianças é condenado a 112 anos de cadeia
Grades de celas de cadeia desativada são furtadas em Cariré, interior do Ceará

Centenas de unidades de esteroides anabolizantes, cuja venda é proibida no Brasil, foram apreendidas em uma operação realizada pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD).

A ação policial foi realizada na tarde dessa terça-feira (1º) no bairro Boa Vista, em Fortaleza.

De acordo com as investigações da Polícia, o material ilícito estava nas casas de dois irmãos, que eram os responsáveis por receber as encomendas e distribuir o material para outros suspeitos que comercializavam as substâncias proibidas.

Aquele órgão vem realizando sistemáticas operações de combate a este tipo de crime e identificado verdadeiras quadrilhas que atuam na venda de anabolizantes junto à praticantes de atividades físicas e academias de ginásticas em Fortaleza.

Cadeia

Os dois irmãos envolvidos no caso já estão detidos na carceragem da Delegacia de Capturas e Polinter (Decap) e deverão ser transferidos, nas próximas horas, para uma das unidades prisionais do Sistema Penitenciário do Estado do Ceará, no Município de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

A Polícia informou que detalhes da operação serão divulgados, logo mais, em uma coletiva de Imprensa.

Jornalista Fernando Ribeiro