Operários morrem na queda de elevador em Caucaia

Operários morrem na queda de elevador em Caucaia

Os operários tiveram morte imediata quando o elevador industrial despencou

Bandidos de facção invadem residência e matam a tiros mãe e filho em Caucaia
Duas jovens são mortas em Caucaia e o Ceará atinge a marca de 100 mulheres assassinadas em 2019
Guerra entre facções: garota filma corpo de homem logo após ele ser crivado de balas, em Caucaia

Dois dias após operários ficarem soterrados em uma obra em Fortaleza, e a fachada de um prédio residencial desabar, dois operários de uma obra morreram na manhã desta sexta-feira (11), em consequência de um acidente de trabalho.

O caso aconteceu no Edifício Residencial Campus Elísios, localizado no bairro Parque Tabapuá, no Município do Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza.

De acordo com informações da Polícia e confirmadas pelo Corpo de Bombeiros Militar, as operários trabalhavam em um elevador de construção a uma altura de 12 metros quando o equipamento se desprendeu e despencou. O acidente aconteceu por volta das 8h. Equipes do Serviço Móvel de Atendimento à Urgências (Samu) foram acionadas e estiveram no local, mas os dois operários tiveram morte imediata.

A construtora responsável pela obra afirmou por meio do seu setor jurídico que a diretoria da empresa já colocou à disposição a sua assessoria jurídica para amparar as famílias das vítimas. Além de equipe multiprofissional para dar, também, o devido suporte psicológico-emocional.

As duas vítimas foram identificadas como Domingos de Araújo Silva, 46; e Arlindo Alves da Silveira Filho de 58 anos. Os corpos foram retirados do local pelos bombeiros e encaminhados ao necrotério da Perícia Forense do Ceará (Pefoce).

Jornalista Fernando Ribeiro