Morador de Caucaia é morto por facção no bairro visitado dois dias antes pelo secretário da Segurança

O crime aconteceu após Costa ir ao bairro e prometer ação da PM 24 horas no local

“Guerra” de facções criminosas em Caucaia deixa mais um morto; um garoto de apenas 14 anos
PM é baleado na cabeça em assalto na volta do trabalho para casa, em Caucaia
Segunda-feira de terror na Grande Fortaleza, com ataques de facções na Capital e em Caucaia

Apenas dois dias após a visita do secretário da Segurança Pública do estado, delegado federal André Costa, ao bairro Itambé, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, um novo crime de morte abalou aquela comunidade, uma das mais atingidas no Município pelos constantes ataques de facções criminosas.

Na noite desta terça-feira (5), bandidos assassinaram, a tiros, um morador do bairro, identificado pela Polícia como José Evangelista da Cruz. Ele seguia a pé para sua residência quando foi executado sumariamente com vários tiros de pistola na cabeça, caindo morto na porta de uma casa, na Rua Mário de Andrade.

De acordo com o relato de testemunhas, a vítima, que era conhecida no bairro pelo apelido de “Garcia”, foi surpreendida pelos assassinos e não teve chance alguma de reação ou defesa, sendo eliminada a poucos metros de sua casa.

Moradores que não quiseram se identificar, por temer represálias das facções, disseram que a vítima fazia uso de bebidas alcoólicas e quando estava bêbado “falava demais” e, portanto, pode ter sido morta como queima de arquivo.

Na visita que fez ao bairro Itambé no último fim de semana, o secretário André Costa conversou com moradores e prometeu a instalação de uma unidade avançada da PM no bairro para conter o avanço do crime naquela comunidade.

Mais de 40 pessoas foram mortas nos bairros Itambé I e Itambé II desde o ano passado, por conta da guerra das facções na cidade. Neste ano, já são 10 mortes.

Via Jornalista Fernando Ribeiro

COMENTÁRIOS