conecte-se conosco

Policia

Irmãos são presos por matarem criança de dois anos, em Messejana; alvo da ação era o tio da vítima

Francisco Cristiano Barroso tinha saído há poucas horas do presídio, quando teve a casa invadida

Dois irmãos foram presos sob suspeita de um duplo homicídio, sendo uma das vítimas uma criança de dois anos. Paulo André Pereira Estevam, 29, e Paulo Henrique da Silva Estevam, 24, foram capturados nesta quinta-feira (22), por policiais civis.

Segundo a Polícia, a captura ocorreu por força de cumprimento de mandado de prisão temporária. O crime aconteceu no último dia 3 de setembro, no bairro Messejana. As vítimas estavam dentro de casa, quando foram surpreendidas pelos homens armados.

Um homem e duas crianças foram baleados. A informação é que o único alvo da ação era Francisco Cristiano Barroso, dono de uma extensa ficha criminal e que havia saído de uma unidade prisional, poucas horas antes de ser morto.

Quando os homens invadiram a casa, efetuaram diversos disparos, também atingindo as crianças de dois e sete anos. A menina de dois anos era prima de Francisco. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu.

Já a de sete foi socorrida a uma unidade hospitalar, passou por cirurgia e sobreviveu.

AS PRISÕES

Paulo André Pereira já tinha passagens por homicídio doloso, posse e porte ilegal de arma de fogo. Já Paulo Henrique, conhecido como ‘Bidi’, tem passagens por tráfico de drogas, posse irregular de arma de fogo e corrupção de menores.

“A PC-CE solicitou ao Poder Judiciário dois mandados de prisão temporária. Após serem localizados, os suspeitos foram conduzidos para a sede do DHPP, onde os mandados de prisão pelo crime de homicídio qualificado foram cumpridos em desfavor deles”.
A Polícia informa que a motivação do crime seria pelo fato de Francisco Cristiano já ter tentado matar Paulo André. Os irmãos foram até a casa das vítimas para se vingar.

A reportagem do Diário do Nordeste apurou que Francisco já tinha sido condenado por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Também consta que ele tem passagens pelos crimes de: homicídio, receptação, associação criminosa e porte e posse ilegal de arma de fogo.

“Agora, eles encontram-se à disposição da Justiça. A PC-CE segue realizando diligências no intuito de identificar e localizar outros suspeitos do crime”, disse a Polícia. A investigação é realizada pela 3ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Trending Posts