conecte-se conosco

Olá o que procuras?

Policia

Em video com cenas fortes, membros de facção expõem cabeça de jovem após decapitação

Nas imagens os criminosos seguram a cabeça do jovem e citam o nome da facção criminosa que seria responsável pela ação

Um rapaz identificado apenas como Luan, de 23 anos, esquartejado no Tabapuá, em Caucaia, Região Metropolitana (RMF) teve a morte filmada e exposta na Internet. O jovem foi encontrado na quinta-feira, 16, e no dia seguinte cinco pessoas foram detidas suspeitas do crime. Uma semana após o caso, imagens de criminosos expondo a cabeça de Luan foram parar nas redes sociais.

O vídeo foi gravado a noite. Os criminosos jogam a cabeça no chão e é possível ver outras partes do corpo em meio a escuridão do matagal. Enquanto filmam, eles também fazem símbolos com as mãos, que referir-se a organização criminosa.

No dia que encontraram Luan, a Polícia relatou que apenas o tronco do corpo foi encontrado. O rapaz teve os braços, pernas e a cabeça arrancada. A morte cruel chamou atenção de moradores e, principalmente, de familiares. Nas redes sociais amigos de Luan comentavam a morte. “Te conheço desde pequeno e você não merecia a crueldade que fizeram com você”, comentou um amigo.

Não houve velório para Luan, o corpo dele foi sepultado e cortejo foi acompanhado apenas por familiares. A família enlutada também utilizou as redes sociais para lamentar a forma cruel como perderam o jovem.

Propaganda