conecte-se conosco

Olá o que procuras?

Policia

Crimes macabros: corpos de duas jovens são encontrados “desovados” em Fortaleza

O corpo de uma garota, esquartejado, foi deixado pelos assassinos nas margens do Rio Maranguapinho

Os corpos de duas jovens foram “desovados” em Fortaleza neste fim de semana de Carnaval 2021. As duas foram mortas de forma cruel em bairros distintos da Capital. A Polícia Civil do Ceará, através do seu Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga os dois casos, mas nenhum suspeito foi preso até agora.

O primeiro crime ocorreu na tarde da última sexta-feira (12), quando o corpo de uma garota que estava desaparecida há quatro dias, foi encontrado com marcas de violência. O caso aconteceu no bairro Edson Queiroz, na zona Leste da Capital.

O cadáver da jovem foi encontrado por moradores em um terreno baldio. Ela teria sido seqüestrada por bandidos da região e elevada até o local onde acabou sendo executada sumariamente a tiros após passar por torturas. A identidade da vítima não foi revelada pela Polícia. O cadáver foi encaminhado à Perícia Forense do Ceará (Pefoce).

Decapitada e esquartejada

O segundo caso foi registrado pela Polícia no começo da manhã do domingo (14), quando o corpo esquartejado de uma jovem foi encontrado em um matagal às margens do Rio Maranguapinho, na comunidade Jardim Fluminense, no bairro Canindezinho, na Zona Sul da Capital.

Depois de gravar toda a cena do esquartejamento, com a vítima ainda viva, os assassinos tentaram incendiar os restos mortais da vítima.

O crime teria ocorrido entre o fim da noite de sábado (13) e o começo da madrugada do domingo (14). Moradores disseram ter ouvidos os gritos de uma mulher neste horário. No começo da manhã de ontem, se depararam com a cena chocante. Os restos mortais foram deixados a cerca um metro do leito do rio.

Policiais do DHPP estiveram no local dando início às investigações. A identidade da garota assassinada não foi revelada. Nas redes sociais os bandidos postaram imagens do esquartejamento. A Polícia investiga boatos de que a garota teria sido atraída para a morte pela própria mãe. O fato não foi confirmado pelas autoridades.

Via Jornalista Fernando Ribeiro

Propaganda