Bandidos matam dois jovens em Paraipaba e morrem em confronto com a Polícia

Bandidos matam dois jovens em Paraipaba e morrem em confronto com a Polícia

Várias armas de fogo, munições e drogas foram apreendidas com os criminosos

Em mais um dia de terror, bandidos tentam explodir três viadutos em Fortaleza
11 agentes da Segurança Pública do Ceará foram mortos por bandidos em 2020
Policial militar troca tiros com bandidos durante tentativa de assalto na Maraponga

Dois criminosos morreram e outros quatro suspeitos foram detidos numa operação policial realizada na tarde desta sexta-feira (13), na cidade de Paraipaba, na Região Metropolitana de Fortaleza (a 115Km da Capital). O confronto aconteceu após o grupo praticar o segundo assassinato na cidade em menos de 24 horas, na “guerra” entre facções.

De acordo com a Polícia, após mataram um rapaz no bairro da Gurita, os criminosos seguiram de carro para outro local da cidade conhecido como Lagoa de Beber, com o intuito de eliminar outros jovens que seriam, supostamente, membros de uma facção inimiga. Ainda na noite de quinta-feira (12), o mesmo grupo teria assassinado outro homem, na Rua do Arame.

As buscas policiais aos criminosos que vinham aterrorizando a periferia da cidade de Paraipaba foram intensificadas e o Comando da PM da Região enviou para aquela cidade um reforço, com homens da Força Tática da Companhia de Paracuru. O cerco foi montado em conjunto com a equipe da Delegacia Metropolitana de Polícia Civil de Paraipaba.

Na abordagem aos suspeitos, houve uma intensa troca de tiros. Dois dos bandidos foram baleados e mortos, sendo identificados como Bruno Oliveira Araújo, 21 anos; e Francisco Ronaldo do Nascimento Sousa, 27.

No momento do confronto, foi preso Rafael de Sousa Mendes, 31 anos. Já à noite, o quarto integrante da quadrilha, que havia fugido baleado, foi também capturado e identificado como Márcio Rogério Vidal Soares Rufino, 27, que foi encaminhado ao Hospital Municipal para ser medicado. A Polícia informou ter apreendido com o grupo três armas de fogo, muita munição, drogas e apetrechos do tráfico.

Executados

Ainda na noite de quinta-feira, o jovem identificado como Lucas Sousa Ramos do Carmo, 18 anos, foi morto, a tiros, após ter sido perseguido. Segundo levantamentos feitos pela Polícia, Lucas havia chegado à Paraipaba no último fim de semana. Morava em Fortaleza e estaria ameaçado de morte na Capital.

Ontem à tarde, o mesmo grupo criminoso assassinou no bairro Gurita o jovem identificado como Pedro Victor Silva Bastos, 21 anos, atingido com quatro tiros na cabeça e dois nas costas, o que caracterizou uma execução sumária.