conecte-se conosco

Olá o que procuras?

Policia

Balanço parcial: fim de semana com feriadão de 25 de Março deixa 29 mortos no Ceará

“Flanelinha” Ricardo Sérgio de Lima foi assassinado, a tiros, no bairro José Walter

Vinte e nove pessoas tiveram morte violenta no feriadão de 25 de Março no Ceará, incluindo o período entre a última sexta-feira (23) e a segunda (25). Nos registros das ocorrências, foram contabilizadas pelas autoridades da Segurança Pública, 18 assassinatos, nove mortes em acidentes de trânsito, além de um caso de afogamento e outros de queda de edificação.

Dezoito pessoas foram vítimas de homicídios e latrocínios (roubo seguido de morte) no Ceará, sendo 12 casos na Grande Fortaleza e mais seis no interior do estado. Na Capital, cinco homicídios ocorreram nos seguintes bairros: Passaré, Bonsucesso, Bela Vista, Bom Jardim e José Walter. Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) foram sete casos, sendo cinco em Caucaia e um duplo assassinato em Pacajus.

No Interior do estado, seis pessoas foram mortas no feriadão, nos seguintes Municípios: Sobral (4), Ubajara (crime de latrocínio) e Aracoiaba (latrocínio).

Crimes de morte

No feriado de 25 de Março, dois homicídios foram registrados na Capital. Um deles ocorreu no cruzamento da Avenida Virgílio Nogueira com a Rua Edson Martins, no Bom Jardim, zona Sul da Capital e na Área Integrada de Segurança Dois (AIS-2). Um homem identificado como Francisco Valdenir Sousa Bezerra, 27 anos, foi morto, a tiros, quando trabalhava na feira-livre do bairro. Os criminosos não foram identificados.

No Conjunto Prefeito José Walter, na Área Integrada de Segurança Nove (AIS-9), um “flanelinha” também acabou morto a tiros. Tratava-se de Ricardo Sérgio de Lima, 24 anos. Segundo testemunhas, quatro homens chegaram no local em um veículo e balearam a vítima, que ficou agonizando na frente de um supermercado. Quando uma ambulância do Samu apareceu, o homem já estava morto.

Matéria do Jornalista Fernando Ribeiro

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda