conecte-se conosco

Policia

Polícia e Ministério Público fazem operação de caça às facções em Sobral

Várias equipes da Polícia Civil cumprem mandados judiciais na cidade de Sobral

Publicados

em

Uma megaoperação policial intitulada de “Flasback” foi desencadeada no começo da manhã desta terça-feira (28), na maior cidade da região Norte do Ceará. As informações é do Jornalista Fernando Ribeiro.

Desde as primeiras horas de hoje a cidade de Sobral (a 224Km de Fortaleza), está sendo alvo de buscas da Polícia a bandidos integrantes de quadrilhas do tráfico de drogas e de facções criminosas responsáveis por vários assassinatos ali nas últimas semanas. Cinco pessoas já estão presas.

A operação terrestre tem o apoio de uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aérea (Ciopaer) e do Ministério Público Estadual (MP-CE). Os policiais civis e militares cumprem dezenas de mandados judiciais de prisão e de busca e apreensão em endereços previamente “levantados” pela Inteligência e durante investigações sobre os crimes de assassinatos e tráfico de entorpecentes.

Leia:  Oficiais e praças da PM são presos por praticar corrupção no interior do Ceará

Somente neste mês de julho, entre os dias 1º e 21o Município de Sobral registrou 10 casos de assassinatos, a maioria ocorridos em comunidades onde o tráfico de drogas e as ações de facções criminosas são mais intensos, como o Residencial Nova Caiçara, Terrenos Novos e o bairro da Expectativa.

As buscas aos criminosos que tiveram prisão decretada pela Justiça à pedido da Polícia Judiciária envolve equipes deslocadas de Fortaleza e unidades daquela região do estado.

Mortos

Desde o começo do mês foram assassinadas em Sobral as seguintes pessoas: Francisco Pathielle Leandro (27 anos), Francisco Wellington Fernandes Sales (41), Francisco Mikael Lopes Ferreira (20), Antônio Carlos Eleutério da Silva (36), Antônio José Domingos do Nascimento Lisboa (27), Antônio Jorge da Silva Freire (21), Manoel Duarte de Sousa Lima (51), Rodrigo Marques Alves (25), Francisco George Balbino da Silva (37) e Jonas Nascimento Silva (29).

Leia:  Dezoito agentes da Segurança Pública foram mortos no Ceará em 2020
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×
Share via
Copy link