Mulher engana o marido fingindo que está grávida, ‘mata’ os bebês e usa bonecos no velório

Mulher engana o marido fingindo que está grávida, ‘mata’ os bebês e usa bonecos no velório

O homem ficou furioso quando descobriu que no lugar dos supostos filhos, estavam dois bonecos

Cirurgião pedófilo estuprou 250 bebês e crianças sob efeito de anestesia
Bebês gêmeos são salvos pelo irmão de 4 anos e história emociona
Mãe vai pro hospital achando ter pedra nos rins e dá à luz 3 bebês

Na Rússia, a história de um pai em luto acabou ganhando repercussão após a verdade vir à tona, pois ele estava arrasado pela morte dos filhos gêmeos, mas depois descobriu que vinha sendo traído pela esposa.

É que no velório dos recém-nascidos, no lugar dos bebês havia apenas bonecas. Daud Daudov acusou até os médicos de estarem envolvidos nessa história e acredita que seus filhos foram vendidos.

Mas a investigação policial descobriu que a mulher de Daud não engravidou, inclusive ela já confessou fingir estar esperando gêmeos e depois usou dois bonecos para forjar o velório, pensando que assim enganaria o marido.

O homem fez um vídeo quando descobriu que no lugar dos filhos gêmeos havia dois bonecos e acusou os médicos de venderem as crianças para pais adotivos.

O russo acha que o médico inventou que os filhos morreram em decorrência de uma hemorragia cerebral e não houve autópsia porque o islã não permite que os corpos de crianças sejam abertos.

O homem de 33 anos foi à delegacia registrar um boletim de ocorrência, mas o hospital informou que a mulher nunca foi à maternidade para dar à luz. Ela então passou por um exame e ficou comprovado que ela não havia engravidado.

Depois disso, a mulher confessou que inventou toda essa história porque o marido queria muito ser pai e ela não engravidava. “Eu não queria chateá-lo, e, portanto, decidi mentir para ele e para os nossos parentes, fingindo a gravidez. Eu enganei todos os meus parentes e meu marido. Lamento muitíssimo“, disse ela.