Menino de 14 anos sufoca sobrinha de sete anos até a morte e joga corpo em riacho

Menino de 14 anos sufoca sobrinha de sete anos até a morte e joga corpo em riacho

Um adolescente supostamente sufocou sua sobrinha de sete anos até a morte e jogou seu corpo em um riacho porque ela "o feriu".

Parentes de suspeito de degolar sobrinha no Nordeste dizem que ele teve surto
Homem estupra filha e sobrinha e grava vídeos dos abusos sexuais
Tio esperava a esposa dormir para estuprar e engravidar sobrinha

Ikranur, sete anos, desapareceu perto de sua casa em Bulancak, Turquia. Autoridades e um grupo de voluntários vasculharam a área com cães farejadores, drones e câmeras térmicas para tentar encontrá-la.

A equipe de cerca de 150 pessoas finalmente encontrou o corpo da menina em Adakoy Creek, cerca de 7km de sua casa. O suspeito do adolescente alegou que a criança de sete anos o deixou com raiva quando ela puxou o braço dele e o atingiu.

Ele disse que decidiu bater nela de volta e quando ela caiu e começou a chorar, ele colocou a mão sobre a boca dela para impedi-la de gritar. Ele acrescentou: “Eu fechei a boca para silenciá-la para que ninguém pudesse ouvi-la. Ela morreu quando estava sem fôlego.

“Eu informei minha irmã sobre o que aconteceu. Levamos o corpo e jogamos no riacho.”

Uma autópsia está planejada para ver se ela ainda estava viva quando foi jogada na água. A polícia confirmou que a irmã dele, tia da garota, também foi presa.

Ela postou nas redes sociais quando o corpo foi descoberto que ela foi destruída pela notícia da morte, que amava muito sua sobrinha, e que “nunca a esqueceria”.

O Ministério Público de Bulancak solicitou a prisão do rapaz por “assassinato deliberado” sob a acusação de “destruir, alterar ou esconder provas criminais”.