conecte-se conosco

Olá o que procuras?

Mundo

Conhecido como ‘Diabão’, amputou dedo para ter garras diz que acredita em Deus: ‘Sei quem sou’

O tatuador Michel Faro Praddo afirma que deseja ser o homem com o corpo mais modificado mundo

Michel Faro Praddo, conhecido como “Diabão“, chama a atenção por onde passa. O tatuador afirma que sempre foi fã de figuras mitológicas e começou a modificar o corpo bem cedo. De acordo com o site UOL, Michel cobriu o corpo com inúmeras tatuagens, colocou presas em seus dentes, chifres na cabeça, e, recentemente, retirou um dos dedos da mãe para que membro parecesse uma garra.

Praddo afirmou que começou a modificar o corpo sem pretensões, mas que hoje deseja ser o homem com o corpo mais modificado do mundo. Michel revelou que seu intuito não era parecer uma figura diabólica, mas que resolveu modificar o corpo com forma de protesto ao ser hostilizado por uma religiosa.

O tatuador afirma que acredita em Deus, apesar de não seguir nenhuma religião específica. Michel trabalha como tatuador em Praia Grande, litoral de São Paulo, e diz que é comum ouvir críticas sobre o próprio corpo, mas revela que a maioria das pessoas não o critica pessoalmente.

“Fui hostilizado por uma religiosa no posto e nesse dia me assumi. Tipo, podem me rotular de qualquer coisa, pois sei quem sou! Acredito em Deus e que a figura do Diabo foi criada pelo homem“, diz Praddo. O tatuador garante que não se incomoda com as críticas, e que entende que algumas pessoas realmente se assustam com sua aparência.

Michel garante que não pretende parar de modificar o corpo. A esposa do tatuador, Carol Praddo, também aderiu às tatuagens e às modificações corporais. Carol trabalha junto com o marido e é conhecida como “Mulher Demônia“.

Propaganda