conecte-se conosco

Mundo

Sacerdote decapita homem em ritual de sacrifício pelo fim da pandemia e é preso

Sacerdote estava sob efeito de álcool e maconha quando decapitou a vítima para agradar a uma deusa hindu

Publicados

em

Um sacerdote hindu foi preso após decapitar um homem durante um ritual religioso, com o intuito de acabar com a pandemia. Sansari Ojha, de 72 anos, teria oferecido a vítima, Saroj Kumar Pradhan, de 52, como sacrifício a uma deusa hindu.

O crime ocorreu na semana passada, no templo de Brahmani Devi em Cuttack, na Índia. Segundo a polícia, o sacerdote estava sob efeito de álcool e maconha, quando decapitou a vítima para agradar a uma deusa hindu. No entanto, pouco antes do crime, os dois tiveram uma discussão.

De acordo com as autoridades locais, o suspeito disse que a deusa lhe apareceu em sonho e solicitou o sacrifício de uma vida humana, para que o mundo pudesse ficar livre do novo coronavírus.

Leia:  Acusado de participação na morte da esposa, do sogro e da sogra é preso em Acopiara
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×
Share via
Copy link