conecte-se conosco

Olá o que procuras?

Brasil

Menino de 16 anos atira na cabeça do pai para defender mãe de agressões

O menino fugiu do local e deixou o revólver que era do avô

Mais um caso em que os filhos agem com violência para defender as mães de agressões aconteceu em Mato Grosso do Sul, na noite desta quinta-feira (20). Um adolescente de 16 anos atirou na cabeça do próprio pai em Três Lagoas.

Esse é o terceiro caso de fúria no âmbito familiar que termina em tragédia neste mês. No dia 8, um rapaz de 20 anos matou o namorado da mãe Wilson Ferreira Rocha, 42 anos, com mais de 30 facadas, em Paranaíba. No dia seguinte, uma adolescente de 13 anos foi apreendida após confessar também o assassinato do namorado da mãe, em Rio Verde.

No caso de ontem à noite, segundo o site JP News, André Pereira da Silva, 48 anos, foi baleado na cabeça pelo próprio filho, um adolescente de 16 anos, e socorrido em estado gravíssimo

A separação dos pais do garoto havia acontecido há quase quatro meses, no entanto André não aceitava o fim do relacionamento e constantemente procurava a ex e a agredia.

A mãe do adolescente contou que na noite de terça-feira (18) André teria ido até o portão da residência armado com um revólver 38 e feito ameaças, descumprindo inclusive medida protetiva.

Ainda conforme o site, não suportando ver a mãe ser agredida, o adolescente teria se desentendido com seu pai por algumas vezes. Na noite desta quinta-feira, André foi novamente ao imóvel e foi recebido pelo filho com o tiro que lhe acertou a testa.

Propaganda