Corpo encontrado pela Marinha é de pescador cearense que desapareceu em lancha

Corpo encontrado pela Marinha é de pescador cearense que desapareceu em lancha

Filho de pescador viajou até o Rio de Janeiro e fez reconhecimento do corpo no Instituto Médico Legal (IML) de Macaé

Transexual cearense é morta na Itália com cerca de 80 facadas; Confira ela no programa Raul Gil
Trans cearense é morta a pauladas em bairro nobre de São Paulo
“Não queiram passar pelo que estou passando”, diz cearense internado com coronavírus

Renato Marcolino dos Santos, filho mais velho do pescador WIlson Martins dos Santos, identificou o corpo do pai no Rio de Janeiro, na tarde deste sábado (6). Em vídeo enviado ao Diário do Nordeste, ele informou que o enterro será no município de Trairi, no Ceará.

“Venho aqui, em nome da minha família Santos, oficializar que um dos dois corpos que foram encontrados realmente é do meu pai. Um grande homem, do mar, que tinha o sonho de fazer essa travessia, mas por um infortúnio não pôde completá-la”, declarou Renato em um vídeo.

Wilson fazia parte do grupo que desapareceu, no mês passado, a bordo de uma lancha que vinha do Rio de Janeiro para Fortaleza. As buscas começaram dois dias depois. Na última quinta-feira (4), dois corpos foram encontrados a 50 km leste do Farol de Cabo Frio. Neste sábado (6), outros dois corpos também foram encontrados na área de busca da embarcação.

Renato viajou ao Rio de Janeiro para fazer o reconhecimento do corpo do pai, mas já havia indícios que era Wilson Martins dos Santos por um colar e relógio encontrados com o corpo.

“Vou levar nosso conterrâneo para ser velado na nossa terra. Ele vai ter o prazer de ser enterrado na nossa terra. Desde já, só tenho a agradecer principalmente ao meu lugar, Guajiru, e a todos vocês do Brasil que ficaram solícitos comigo”, declarou Renato dos Santos.