conecte-se conosco

Brasil

Padrasto é preso por estuprar enteada de 10 anos e diz “ela se insinuava para mim”

Padrasto preso em Curitiba alegou que a menina “ficava se insinuando para ele”

Publicados

em

Um homem de 34 anos foi preso suspeito de violentar sua enteada de 10 anos em Curitiba, no Paraná. Os estupros foram confirmados pelo próprio padrasto. Ele alegou que praticava os abusos porque a criança estava “criando corpo” e, por isso, “ficava se insinuando para ele”.

A prisão foi feita na manhã desta quarta-feira (25), pela equipe do Nucria (Núcleo de Proteção à Criança e Adolescente Vítima de Crime), em cumprimento a um mandado de prisão preventiva por estupro de vulnerável. No momento da prisão o suspeito estava na residência de seu pai.

Durante as diligências, a polícia descobriu que o homem violentava a menina há mais de um ano e que se relacionava com a mãe da vítima há aproximadamente cinco anos.

Leia:  Mãe joga filha de 4 anos da janela de 5° andar, coloca fogo no apartamento e pula; Veja o vídeo

O caso foi descoberto porque a bisavó da vítima passou a desconfiar dos abusos que a criança estava sofrendo e compareceu na delegacia para relatar o fato.

A criança foi submetida a todos os exames periciais em que comprovam a violência sexual praticada pelo padrasto. O homem vai responder por estupro de vulnerável e está preso provisoriamente.

Propaganda
×
Share via
Copy link