conecte-se conosco

Brasil

Policial feminina mata Capitão da PM dentro de batalhão do choque em SP após assédio; assista

Suposto assédio teria motivado policial a matar colega

Publicados

em

Na manhã da última terça-feira (12), a cabo da PM Mérlyn Aparecida Petruz matou o capitão Marcos Ono Honda com dois tiros após ser supostamente assediada pelo colega dentro do 3º batalhão de choque, na Vila Maria, zona norte de São Paulo. Segundo informações, a policial já havia denunciado Marcos por assédio e chegou a pedir transferência para outro batalhão.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Mceara (@sitemceara) em

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×
Share via
Copy link