conecte-se conosco

Brasil

Mulher se recusa a entregar celular, morre com tiro na testa e população mata assaltante; tudo foi filmado, assista

População se revolta e mata assaltante que assassinou mulher por causa de celular

Publicados

em

Deisiane Gonçalves Monteiro de 25 anos, morreu com um tiro na testa após ter recusado entregar o celular a uma dupla de suspeitos na tarde da última quarta-feira (10), na rua Marginal, bairro São José 2, zona leste de Manaus.

Testemunhas afirmaram que ela deixou a filha de 5 anos na escola quando foi abordada por Arlesson Pereira da Silva, de 27 anos. Ele exigiu o aparelho telefônico, mas Deisiane se recusou, sendo alvejada na cabeça logo em seguida.

Arlesson Pereira da Silva, de 27 anos, foi espancado e baleado com quatro tiros por um grupo de populares, que roubaram sua arma, ele foi socorrido para um hospital, mas morreu.

Leia:  Mãe mandou matar PM após ver vídeo íntimo dele com a filha, diz Polícia Civil

Participava com ele no crime Lorena Souza da Silva, de 21 anos. Ela também foi agredida, mas escapou com vida e foi autuada em flagrante no 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

DOL

Propaganda
Clique para comentar

0 Comments

  1. André

    16 de abril de 2019 em 21:31

    Ótimo conteúdo e de muito informação relevante. Vou continuar acompanhado e compartilhando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share via
Copy link