Vídeo e fotos mostra local da chacina logo após o tiroteio, as cenas são chocantes; veja | Mceara.com
Connect with us

Policial

Vídeo e fotos mostra local da chacina logo após o tiroteio, as cenas são chocantes; veja

Sequência de homicídios ocorreu na noite de sexta-feira, 9. Pessoas foram mortas na Praça da Gentilândia, na sede da TUF e em rua próxima

Nova chacina ocorreu na noite de sexta-feira, 9, no bairro Benfica, em Fortaleza. É a quarta registrada no ano no Ceará. Desta vez, a ação teve ataques a tiros em três locais da mesma região. As informações preliminares apontam para pelo menos sete mortos, segundo policias que atenderam à ocorrência. Contudo, ainda não houve a divulgação oficial do número de vítimas.

Segundo testemunhas que estavam na região, os disparos começaram por volta de 22h30min. Um grupo armado chegou de carro e começou a atirar contra pessoas que estavam na Praça da Gentilândia.

Houve ataques também contra a sede da Torcida Uniformizada do Fortaleza (TUF), localizada na Vila Demétrio, no mesmo bairro. Os criminosos também mataram uma pessoa na Rua Joaquim Magalhães.

A reportagem tentou contato com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o comandante responsável pela área e a delegacia plantonista do local, mas as ligações não foram atendidas.

Chacinas

Esta é a maior sequência de chacinas registradas no País. Em três meses, já foram quatro no Ceará. A primeira, em 7 de janeiro, ocorreu em Maranguape, com quatro pessoas mortas. A segunda, com o maior número de vítimas, ocorreu no bairro Cajazeiras, com 14 mortos na madrugada de 27 de janeiro. Na até então última, dez detentos foram assassinados por outros internos da Cadeia Pública de Itapajé.

CLIQUE PARA VER AS IMAGENS E O VÌDEO

Propaganda
Clique e comente

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Copyright © 2018 MCeara. Todos os direitos reservados ao Sistema MassapeCeara de Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.