Connect with us

Policial

Descoberto plano de uma facção para matar autoridades na cidade de Crateús

Delegada, juiz e promotor seriam assassinados pelos criminosos, como represália da facção

Jornalista Fernando Ribeiro | Investigações policiais sigilosas realizadas na cidade de Crateús (a 345Km de Fortaleza) descobriram um plano de criminosos de uma facção que tinha por objetivo a morte de três das principais autoridades daquele Município: o juiz da Comarca, o promotor de Justiça e a delegada da Polícia Civil. Outro alvo dos bandidos seria um agente penitenciário que trabalha na Cadeia Pública do Município.

Um grupo criminoso, já identificado, estaria prestes a executar a trama para os assassinatos como represália pela ação contundente da Justiça, do Ministério Público e da própria Polícia no combate às ações de uma facção.

Os alvos, segundo a investigação seriam o juiz titular da Primeira Vara da Comarca de Crateús, Francisco Gilmário Barros Lima; o promotor de Justiça, José Arteiro Soares Goiano; e a delegada de Polícia Civil, Ana Paula Scott.

As investigações ainda estão em andamento, mas já identificou os “cabeças” das facções que teriam planejado o assassinato das três autoridades. Eles já haviam, inclusive, elaborado as rotas de fugas dos matadores após as execuções planejadas.

O trabalho de investigação local contou com a participação da Coordenadoria de Inteligência (Coin) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Foram identificados todos detalhes de como cada crime seria praticado. As autoridades seriam atacadas quando em deslocamento para a cidade.

O promotor de Justiça José Arteiro Soares Goiano informou, ontem, que já há os nomes dos prováveis mandantes e que já estão sendo tomadas providências legais. “Em breve, teremos novidades”, alertou. Segundo ele, a intenção dos bandidos é intimidar as autoridades que combatem diretamente o crime naquele Município.

Tribunal

A delegada Ana Scotti preferiu não se manifestar acerca da investigação. Já os juízes da Comarca de Crateús informaram que nesta sexta-feira (20) deverão se reunir com a presidência do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará para discutir o problema. A audiência está marcada para as 11 horas.

Propaganda
Clique e comente

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Copyright © 2018 MCeara. Todos os direitos reservados ao Sistema MassapeCeara de Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.