Connect with us

Policial

Quadrilha é presa portando armas durante enterro de uma das vítimas da Chacina das Cajazeiras

As sete capturas aconteceram dentro de um cemitério particular. Os integrantes do bando negam pertencer a facção criminosa

DN | Sete suspeitos de integrar uma quadrilha foram presos na manhã desta segunda-feira (29) enquanto acompanhavam o enterro de uma das mulheres vítimas da Chacina das Cajazeiras. Conforme o tenente-coronel Océlio Alves, comandante da Área Integrada de Segurança 12 (AIS 12), as capturas aconteceram dentro de um cemitério particular, na Pacatuba.

O comandante afirma que, com os suspeitos, foram encontradas três armas de fogo: duas pistolas, uma .45 e a outra de calibre 380, além de um revólver calibre 38. Com o bando, também foi apreendido um veículo e vasta quantidade de munições.

Os suspeitos identificados pela Polícia Militar são: Francisco Cleidson de Araujo Tomaz, Ronaldo de Oliveira Castro e Elias Gadelha de Araújo, Fábio Lopes da Silva, Victor Max de Freitas e Dhojohn Rodrigues da Silva.Ainda segundo o comandante, todos os envolvidos são maiores de idade.

“Eles negam ser de alguma facção. Só sabemos que o enterro era de uma mulher, não sabemos de quem ao certo. Chegamos neles através de informações vindas por denúncias anônimas. Foram policiais militares do Batalhão de Maracanaú que participaram dessa diligência. Todos foram levados para a DHPP”, afirmou Alves.

A reportagem também questionou o tenente-coronel sobre uma possível chacina registrada na Pacatuba, durante a tarde desta segunda-feira (29). De acordo com o comandante da AIS 12, não houve nenhuma morte múltipla neste município.

Propaganda
Clique e comente

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Copyright © 2018 MCeara. Todos os direitos reservados ao Sistema MassapeCeara de Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.