Connect with us

Policial

Ceará registrou em agosto 37 assassinatos de mulheres, um a cada 24 horas

No acumulado do ano, já são 326 mulheres vítimas de homicídios, a maioria jovens

Trinta e sete mulheres foram assassinadas no Ceará no mês de agosto, uma média de mais de uma a cada 24 horas. Somente nesta sexta-feira (31) foram três crimes do gênero, sendo dois na Capital e outro no Município de Reriutaba (a 309Km de Fortaleza). No acumulado do ano, o estado já registrou 326 homicídios e latrocínios tendo mulheres como vítimas da violência.

Um dos crimes foi descoberto na tarde desta sexta feira no bairro Cajazeiras, onde uma adolescente de 16 anos, que morava sozinha, foi encontrada semidespida, com sinais de violência sexual e, provavelmente, morta através de estrangulamento. O corpo da garota foi encontrado quarto da casa onde ela morava, na Rua Ana Beatriz Pereira.

Segundo apurou a Polícia, uma tia da garota encontrou o corpo e pediu socorro aos vizinhos. A garota morava só, mas recebia constantemente a visita de uma tia que mora no Interior. Nos últimos dias, a jovem estava doente e deixou de ir a escola. Segundo a Perícia Forense, o assassinato provavelmente ocorreu durante a madrugada, mas o corpo só foi achado no começo da tarde.

Policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) estiveram no local junto com peritos em busca de pistas para identificar o estuprador e assassino da adolescente.

Outros

Mais dois crimes ocorreram nesta sexta-feira vitimando mulheres. O corpo de uma mulher foi encontrado com sinais de violência na cidade de Reriutuba. As autoridades não deram mais informações sobre o fato.

Já em Fortaleza, uma mulher foi assassinada, a tiros, por volta de 18h30, no bairro Passaré.

[Matéria do site Ceará News7]

Propaganda
Clique e comente

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Copyright © 2018 MCeara. Todos os direitos reservados ao Sistema MassapeCeara de Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.