Connect with us

Policial

Bandidos incendeiam ônibus na noite de segunda-feira: “foi o maior desespero da minha vida”

O ataque ao ônibus ocorreu no bairro Álvaro Weyne, na linha Padre Andrade/Antônio Bezerra por volta das 21h. Polícia Militar e Bombeiros estiveram no local

Tribuna do Ceará | Mais uma noite de apreensão em Fortaleza. A nova ação dos criminosos ocorreu dia após Polícia Militar e Etufor realizarem ações de escolta nos transportes públicos.

No fim da noite desta segunda-feira (26), um ônibus da linha Padre Andrade/Antônio Bezerra foi incendiado no bairro Álvaro Weyne. Quatro homens armados foram os responsáveis.

Foi o 11º ônibus atacado. Raio e Corpo de Bombeiros estiveram no local para controlar a situação. As informações exclusivas são do Barra Pesada.

“Foi o maior desespero da minha vida. Eu estava assistindo televisão e ouvi a gritaria no meio da rua. Foi um desespero grande. Ouvi o barulho, a fumaça e muito fogo, a quentura dentro de casa. A gente correu pro fundo da casa. Foi muito desespero”, conta uma das moradoras, ainda nervosa com o atentado.

Na rua Luís Guimarães, no Álvaro Wayne, moradores ouviram estouro de pneus, gritos e ficaram apreensivos. As explosões fizeram muitos pensar que a causa fosse botijão de gás. Mas o calor logo entrou nas casas, e as labaredas aumentaram. O pânico se instalou. Algumas casas ficaram bloqueadas. A energia do local, no entanto, não foi interrompida.

Homens do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar rapidamente chegaram ao local. Segundo o Tenente Hudson, da polícia, a ação dos bandidos mantém um padrão.

“Foi um veículo não identificado com quatro elementos. Em uma rápida ação, abordaram o ônibus armados e mandaram todos descerem. A mesma ação de sempre, de mandar descer todo mundo, jogar gasolina e tocar fogo. Inclusive, na fuga, fizeram uma manobra perigosa e bateram em outro veículo. A gente tava próximo, mas o pessoal não soube identificar que veículo estavam conduzindo”, informou o policial.

Ataques a ônibus

Neste fim de semana, Fortaleza registrou pelo menos cinco ônibus queimados totalmente e cinco parcialmente nos últimos dias 24 e 25 de março, totalizando dez veículos, segundo informações do Sindiônibus. Além dos transportes públicos, prédios do poder público foram também alvos de atentados.

No sábado, o prédio da Regional IV foi destruído após ser incendiado, no bairro Serrinha. Já na noite desta última sexta (23), bandidos realizaram disparos contra o prédio da Secretaria da Justiça, na Aldeota. Diante dos casos, os ônibus das linhas Corujão foram escoltados durante o trajeto na madrugada desta segunda-feira (26).

Propaganda
Clique e comente

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Copyright © 2018 MCeara. Todos os direitos reservados ao Sistema MassapeCeara de Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.