Connect with us

Policial

Administradora de cadeia é presa por desviar alimentos dos presos, no Ceará

Material de mantimento e alimentação foram localizados na casa da agente que exercia cargo de administradora

G1 | A administradora da cadeia pública de Fortim, no interior do Ceará, foi presa em flagrante nesta sexta-feira (20) numa operação que investiga o desvio de alimentos e outros mantimentos que deveriam ser fornecidos aos presos.

Conforme a delegada Ana Padilha, responsável pela investigação do caso, alimentos e materiais como papel higiênico, absorventes, remédios e artigos de necessidade básica foram encontrados na residência da suspeita.

“Os lotes do material encontrado na casa da agente conferem com os produtos que deveriam ser entregues aos internos da cadeia pública de Fortim”, diz Ana Padilha.

A denúncia dos desvios foi feita por agentes penitenciários e servidores da cidade de Fortim.

Peculato

A administradora foi presa em flagrante por peculato, quando um servidor público não exerce a atividade à qual lhe é atribuída. As investigações apontam também que ela é suspeita de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Ela está presa na cadeia pública de Aracati, responsável pela região que inclui a cidade de Fortim.

Corrupção no sistema prisional

A prisão da servidora ocorre na semana em que o Ministério Público realizou a operação Masmorras Abertas, que resultou no afastamento de sete diretores de presídios suspeitos de negociar venda de celulares e troca de celas dos presos.

Propaganda
Clique e comente

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Copyright © 2018 MCeara. Todos os direitos reservados ao Sistema MassapeCeara de Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.