Para ganhar dinheiro, mãe vendia filha de 2 anos para fazer programa com adultos | Mceara.com
Connect with us

Mundo

Para ganhar dinheiro, mãe vendia filha de 2 anos para fazer programa com adultos

Mulher foi presa e condenada por promover a prostituição e a pedofilia na internet

News1 | Saber que uma mãe pode ser capaz de vender programa adulto com sua pequena filha de apenas 2 anos de idade é considerado por muitos algo repugnante. Pois infelizmente isso aconteceu e tal crime provocou comoção e revolta. As crianças se tornam presas fáceis para os predadores íntimos, principalmente quando se tornam moeda de troca, como foi o caso dessa pequena menina.

Um crime asqueroso e brutal, porém, é bem mais comum do que se imagina. No mundo inteiro, crianças são abusadas intimamente e a internet vem se tornando o palco de um show bizarro, no qual uma grande rede de pedófilos usa a deep web para compartilhar material inapropriado para promover atos criminosos.

De acordo com o portal de notícias online, R7, a mulher de 25 anos ofereceu sua filha de dois anos na Internet para que estranhos tivessem relação íntima com ela, os anúncios eram feitos em seu perfil do Facebook. A mãe cafetina foi identificada como Sarah Marie Peters, uma americana que morava na cidade de Montgomery, localizada no Texas, Estados Unidos.

Presa e condenada

Informações colhidas pelo jornal New York Post, ao tomar conhecimento das postagens, policiais disfarçados encontraram Peters em uma rede social. Na sequência, ela teria enviado fotos da garotinha e perguntado se alguém gostaria de “se divertir com sua filha”, o valor cobrado pelo programa era de 1.200 dólares.

Os policiais concordaram com o valor proposto e com as condições impostas pela a mulher, e marcaram um encontro que aconteceu no dia 22 de fevereiro. Ao levar a criança para o suposto programa, ela foi presa em flagrante delito, e continuou presa até seu julgamento.

O julgamento aconteceu nesta última quinta-feira (12), no Texas, no qual ela foi condenada a 40 anos de prisão pelo crime de promoção da prostituição. Sarah se declarou culpada e já foi encaminhada para um presídio.

Propaganda

Copyright © 2018 MCeara. Todos os direitos reservados ao Sistema MassapeCeara de Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.