Connect with us

Mundo

Padre é flagrado abusando de menina de 10 anos, se defende: “Eu achava que ela tinha 15 anos”

O padre também confessou ter tido encontros semelhantes com a criança “pelo menos três vezes mais”

Um padre de 70 anos, Paolo Glaentzer, foi flagrado abusando de uma menina de apenas 10 dentro de um carro em Prato, nos arredores de Florença, centro-norte da Itália.

“Eu não sabia da idade, achei que ela tinha mais alguns anos, como 14, 15 anos”. Pe. Paolo Glaentzer disse que foi preso sob acusação de violência sexual em Calenzano contra uma menina de 10 anos durante o interrogatório em 24 de julho perante o promotor público.

Segundo o site Italiano Huffington Post, o padre também confessou ter tido reuniões similares com a criança “pelo menos mais três vezes”, especificando então que ela sempre foi a criança a tomar a iniciativa.

A circunstância segundo a qual o padre teria ignorado a idade da criança seria negada, segundo o juiz investigador, pelo fato de ter declarado conhecer a família por muitos anos, já que a criança era pouco mais que um recém-nascido.

“Eu conheci esta família há cerca de dez anos”, ele teria dito: “Eu costumava ir à casa deles uma vez por mês”. O homem também afirmou ter ajudado a família, sobrecarregado por problemas econômicos e sociais – tanto que as crianças foram confiadas aos serviços sociais -, e por ter-lhes dado cerca de 7 mil euros ao longo de uma década “.

Copyright © 2018 MCeara. Todos os direitos reservados ao Sistema MassapeCeara de Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.