Connect with us

Mundo

Homem usa câmera em sapato para filmar calcinhas de mulheres e bateria explode no pé

O homem de 32 anos se apresentou à polícia depois de receber tratamento médico para a lesão, de acordo com o policial Dave Dexheimer

Um homem de 32 anos, da cidade de Madison, Winsconsin, nos Estados Unidos, criou um jeito (doentio) de assediar mulheres. Ele comprou uma câmera para colocar no sapato com a intenção de fazer vídeos por baixo das saias das vítimas.

Antes de sair em busca das vítimas, porém, o homem (que não foi identificado) decidiu testar a câmera em casa. Foi quando o plano caiu por terra. Durante o teste, a bateria do dispositivo explodiu e machucou seu pé. O oficial David Dexheimer contou ao Wisconsin State Journal que o suspeito foi até uma farmácia e comprou medicamentos para tratar queimaduras leves.

Arrependimento

Parece que o incidente fez com que o espertinho se arrependesse, logo após comprar os remédios ele seguiu para uma igreja e falou sobre o ocorrido com um clérigo que sugeriu que o homem se entregasse e o acompanhou até uma delegacia. Na última terça-feira, 26, ele admitiu seus planos de registrar imagens íntimas de mulheres aos policiais do posto de Madison que o advertiram pelos seus atos e o soltaram, pois ele não chegou a tirar nenhuma foto e não cometeu nenhum ato ilegal.

Assédio é crime!

Fotografar por baixo de roupas é ilegal em muitos lugares, incluindo Wisconsin (deveria ser em todos, não é?). Uma lei de 2015 diz que qualquer um que use um dispositivo para gravar por baixo da roupa de outras pessoas sem o devido consentimento pode ser acusado de crime.

Propaganda
Clique e comente

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Copyright © 2018 MCeara. Todos os direitos reservados ao Sistema MassapeCeara de Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.